A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
24 de Janeiro de 2018
Anuncie Aqui
8498
Latrocínio

Juiz recebe denúncia e cita assassinos de Ronaldo

Os citados pelo crime de roubo seguido de morte têm dez dias para responder às acusações, a partir da publicação da decisão, no último dia 11

17 JUL 2017 - 15h15min
Da Redação

O roubo que resultou na morte do empresário Ronaldo dos Santos Batista, de 38 anos, ocorrida no mês passado, em Anastácio, ganha novo capítulo. Os autores, identificados como Walerson Ozorio, 21 anos, e dois adolescentes, foram indiciados pela Polícia Civil e denunciados pelo Ministério Público Estadual. O juiz Pedro Luciano Belaldelli, titular da comarca local, recebeu a denúncia e os citou para que apresentem a defesa preliminar.


Segundo o juiz, os citados têm dez dias para responder às acusações, a partir da publicação da decisão, no último dia 11. Nas respostas, poderão arguir preliminares e alegar tudo o que interessa à sua defesa, oferecer documentos e justificações, especificar provas pretendidas e arrolar até oito testemunhas. Além disso, também foi solicitado junto ao Ministério Público procedimento para quebra de sigilo telefônico dos autores, bem como junta de laudos periciais que, até a data em questão, não haviam sido expedidos.


Conforme relatório do inquérito expedido pelo delegado Antônio Souza Ribas Júnior, da Delegacia de Anastácio, Walerson, morador em Aquidauana, teria encomendado o carro da vítima, modelo Saveiro Cross, aos dois menores que a conheciam, pelo valor de R$ 5 mil. Na data dos fatos, a dupla foi até onde mora Ronaldo, que era dono do restaurante Estação Pantaneira,  beberam com ele e o mataram. Eles anunciaram o roubo e lhe deram uma garrafada na cabeça, agredindo-o várias vezes com socos e chutes.


Em seguida, amarram o empresário e o trancaram no banheiro, enquanto o quarto envolvido, Alexandre Albuquerque da Cunha, 22 anos, chegou ao local, pegou o carro e fugiu. O veículo foi entregue para Walerson. Ainda na casa, Ronaldo teria dito que denunciaria os menores à polícia, oportunidade em que os dois o colocaram na piscina e o seguraram até que morresse afogado. Em seguida, amarram vaso no corpo para que ficasse submerso. Walerson e os adolescentes foram presos em flagrante. Alexandre se apresentou depois.

 

Veja também

Mais Lidas

1
Aquidauana

Comunicador de Aquidauana segue lutando pela vida

2
Aquidauana

Motorista de camionete não respeita preferencial e causa acidente no centro da cidade

3
Anastácio

Jovem é agredida por ex-marido no Cristo Rei

4
Aquidauana

Agostinho Nepomuceno será sepultado nesta manhã

Vídeos

Entrevista com os produtores do Longa-Metragem sobre Sasha Siemel

Tráfego de carretas no cruzamento da Duque de Caxias causa preocupação na população.

4ª Marcha pela Vida - Aquidauana MS

Ver mais Videos

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
5,18m
Miranda
7,00m
Paraguai
2,96m

Colunas e Blogs

Giovani José da Silva

HISTÓRIAS DE ADMIRAR: TEMPO DE ESPERA, TEMPO DE ESPERA...

Manoel Afonso

Tio comunista não apoiou sobrinho tucano

Valdemir Gomes

Busque...

Ver Mais Colunas
498110490