A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
23 de Junho de 2017
Anuncie Aqui
8463
Esperança

Bombeiros ficarão de prontidão 24 horas para qualquer sinal de Laura

Buscas ostensivas serão encerradas amanhã, com equipes da Marinha e do Exército

30 MAR 2017 - 14h24min
Da Redação

As buscas ostensivas pelo corpo da pequena Laura Freitas, 11 anos, serão encerradas amanhã (31), depois dos esforços serem prorrogados para 15 dias. O protocolo de trabalho do Corpo de Bombeiros determina que o resgate seja realizado por uma semana. De acordo com a comandante dos Bombeiros em Aquidauana, major Geísa Maria Rodrigues Ferreira Romero, a partir de sábado (1º), as equipes encerram o trabalho de 12 horas diárias de buscas na água e os militares passam a ficar de prontidão para qualquer sinal que ajude na localização da criança.  Os militares dos Bombeiros ficam a postos 24 horas.  Até o início da tarde desta quinta-feira o corpo de Laura não foi encontrado.

 
Laura desapareceu nas águas do rio Aquidauana no dia 17 de março, depois de cair do barco em que estava com o padrasto. A pequena não usava o colete salva-vidas no momento do acidente. Até agora, os Bombeiros – responsáveis pelo comando da operação – contaram com o apoio de homens da Marinha e do Exército. “Todo o efetivo dos Bombeiros esteve empenhado nas buscas. Tanto os meus militares quanto os da Marinha e do Exército, seja no trabalho na água, ou fora dela, cuidando para que fosse possível a atuação no rio”, disse a major Geísa Maria, em entrevista coletiva concedida na manhã de hoje (30).

Segundo a comandante, o Corpo de Bombeiros está instalado em Aquidauana há 20 anos e toda experiência dos militares neste tipo de salvamento – comum na região – foi utilizada durante todo o trabalho. “Nós fizemos questão do revezamento das equipes, porque temos militares que trabalham aqui desde que o quartel foi instalado. As pessoas utilizam muito o rio, inclusive os Bombeiros, em seus momentos de lazer”. Além da experiência, o treinamento recebido durante a formação garante a capacidade das equipes em fazer as buscas. 

“O Corpo de Bombeiros é o órgão competente que tem a missão institucional de realizar este tipo de operação e nós temos todo a equipe necessário para isso”, disse a major, acrescentando que os militares dispõem de equipamentos de mergulho, barcos e um Jet-ski. “O Jet-ski é importante porque, além do transporte, tem essa função da formação de ondas  que ajuda o corpo a se desprender para que possa vir à superfície”. 

A major esclareceu ainda que a recomendação feita à Marinha e ao Exército interrompam o trabalho na água e sigam com as medidas que lhes competem em relação a apuração do acidente. No caso da Marinha, a Capitania Fluvial do Pantanal – com sede em Corumbá – abriu inquérito administrativo para apurar as circunstâncias do acidente. As conclusões serão repassadas para a Polícia Civil para abertura de um possível inquérito policial.  “Não podemos determinar um prazo para que ela seja em encontrada. O corpo pode ser achado hoje, ou amanhã, não temos como saber”, disse a comandante lembrando que, em um dos casos registrados na cidade, um corpo foi encontrado no 31º dia de buscas. 

Veja também

Mais Lidas

1
Aquidauana

Aquidauanense que teve o corpo queimado se recupera e agradece apoio

2
Policial

Testemunhas da participação de adolescentes em morte serão ouvidas em julho

3
Policial

Homem usa a desculpa de estar com sede para tentar furtar celular

4
Entrevistas

Anastaciano sonha em ajudar estudantes e professores de Matemática

Vídeos

Uno estoura pneu e capota com cinco pessoas a caminho do INSS

Veículo pega fogo no Centro de Aquidauana

Acidente entre carro e moto na esquina do Falcão

Ver mais Videos

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
4,19m
Miranda
5,45m
Paraguai
4,64m

Colunas e Blogs

Manoel Afonso

O desafio do eleitor: acreditar no novo.

Giovani José da Silva

HISTÓRIAS DE ADMIRAR: REVIRAVOLTAS

Maria de Lourdes Medeiros Bruno

DIA 10 DE JUNHO...DIA DA LÍNGUA PORTUGUESA

Ver Mais Colunas
481710674