A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
23 de Agosto de 2017
Anuncie Aqui
8459
Aquidauana

Coxinha de Tsiten Oshiro tem mais de 50 anos de história

Comerciante está desde 1965 estabelecido na rua Sete de Setembro

9 JUN 2017 - 07h00min
Redação

Tem algumas pessoas que a gente conhece a vida inteira e que são parte da história da cidade. Este é o caso de Tsiten Oshiro, muitos aquidauanenses o conhecem e também sabem do sabor da coxinha preparada por ele desde 1965. Basta passar pela lanchonete que fica na rua 7 de Setembro para provar o salgado e o café que ele prepara com a ajuda da irmã, Maria Aparecida. Os clientes, a esta altura, já são amigos que passam por lá para desejar um bom dia e ter, pelo menos, cinco minutos de conversa com o comerciante. 

Tsiten é filho de pai japonês, que veio para o Brasil para trabalhar na Estrada de Ferro Noroeste, e de mãe brasileira. Em conversa com a equipe de reportagem de O Pantaneiro, ele contou que tem cinco irmãs e que uma delas já é falecida. Maria Aparecida o ajuda a administrar e a manter a lanchonete há dez 10 anos. Tsiten nasceu em 1938, a disposição e longevidade podem ter alguns segredos, entre eles: uma boa noite de sono. “Eu durmo às 18h30 e acordo às 4h”, revela. 

Ele varre a calçada e abre a lanchonete às 5h. “Eu acordo cedo porque eu tenho meus clientes fies, que vem na madrugada tomar meu café. Antigamente, eu mesmo preparava o café. Agora, é minha irmã que prepara”, explica Tsiten.  “Às 5h já tem café fresquinho”, garante Maria Aparecida. Muitas famílias da cidade estabeleceram laços de amizade com os Oshiro. 

Maria Aparecida lembra que o jornalista e professor Lima Neto – diretor de O Pantaneiro – lhe deu aulas de Geografia na Escola Cândido Mariano. “Dona Alice vinha todo dia tomar café”, conta ela, lembrando a matriarca da família Tavares Lima.

Os passeios que Tsiten costumava dar pelas ruas do Centro, agora, já não são mais tão frequentes. Segundo ele, as ruas não são mais tão tranquilas como antes. 

“Antigamente, eu andava nas ruas para caminhar e me exercitar, mas, hoje em dia, está perigoso demais. Tem carro, moto, e bicicletas na calçada. É ruim demais”, avalia. Todos que passam pela rua Sete de Setembro entram na lanchonete para cumprimentar Tsiten, demonstração do quanto ele é querido pelos moradores.
 

Confira o vídeo

Tsiten ficou envergonhado na hora de tirar foto

Veja também

Mais Lidas

1
Aquidauana

Panela no fogo causa explosão e incêndio no bairro Santa Terezinha

2
Policial

Três adultos e dois adolescentes são presos por tráfico de drogas

3
Policial

Homem de 38 anos é preso por tráfico de drogas e cita “Erasmo” à polícia

4
Policial

Dois presos por contrabando de cigarros no Bairro Nova Aquidauana

Vídeos

Indígenas fecham BR-262, acesso a Taunay

3º Desafio Mountain Bike - Piraputanga MS

18 Festival de Inverno de Bonito

Ver mais Videos

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
3,30m
Miranda
2,12m
Paraguai
4,24m

Colunas e Blogs

Giovani José da Silva

HISTÓRIAS DE ADMIRAR: TEMPOS DIFÍCEIS (PARTE 2)

Raquel Anderson

Convexos

Valdemir Gomes

Fundo...

Ver Mais Colunas
498110505