A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
21 de Setembro de 2017
Anuncie Aqui
8470
Aquidauana

“Doutores da Alegria” realizam primeiro trabalho oficial no Cantinho da Criança na Matriz

Grupo vai visitar o Hospital Funrural neste sábado para divertir e levar carinho aos pacientes

7 JUL 2017 - 08h36min
Redação

O primeiro trabalho oficial dos “Doutores da Alegria” foi realizado ontem (6) no Cantinho da Criança, da igreja Matriz. Neste sábado (8), uma equipe fará sua primeira visita às 14h no hospital Funrural. 

“Não precisa ser super herói, basta apenas acreditar na bondade, respeitar a dignidade humana, ter fé e acreditar na força do amor”, lembram os jovens cristãos católicos que realizam este trabalho de fé e amor.

Os jovens foram capacitados pelo palhaço profissional Alexandre Penha, que tem 16 anos de experiência profissional e há oito anos realiza o mesmo tipo de trabalho com pacientes psiquiátricos em Maringá (PR).  No mês que vem, ele estará em Campo Grande e, caso haja, a demanda por uma nova turma, o profissional voltará à Aquidauana.

Eles vão visitar os hospitais da região para multiplicar a “Terapia da Alegria”. Os 25 jovens capacitados agora podem atuar como “Doutores da Alegria”, com a autorização das diretorias das instituições, levando carinho e diversão aos pacientes internados. 

Veja também

Mais Lidas

1
Aquidauana

AGORA: colisão na BR-262 deixa duas vítimas feridas

2
Turismo

Primeira chef de cozinha indígena do país é de Aquidauana

3
Policial

Mineiro filmado maltratando sucuri em MS é multado e pousada é fechada

4
Saúde

Idosa morre de infarto e moradores acreditam que calor contribuiu

Vídeos

Acidente na BR 262 próximo ao trevo de Dois Irmãos do Buriti

Entrevista Comandante Tito Lívio - Aeroclube de Aquidauana MS

Semana Nacional de trânsito inicia em Anastácio com blitz educativa

Ver mais Videos

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
2,38m
Miranda
2,10m
Paraguai
3,39m

Colunas e Blogs

Maria de Lourdes Medeiros Bruno

DEPOIS.....

Giovani José da Silva

HISTÓRIAS DE ADMIRAR: E AGORA, ARNALDO?

Valdemir Gomes

Adeus...

Ver Mais Colunas
498110558