A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
11 de Dezembro de 2017
Anuncie Aqui
8492
Cultura

Estudantes espalham poesias por árvores de Aquidauana

Os textos impressos em folhas de sulfite foram amarrados em árvores no Centro e ao redor da Praça dos Estudantes

26 SET 2017 - 16h58min
Da Redação

Como forma de incentivar a leitura e deixar mais leve o cotidiano dos moradores, alunos do curso de iniciação tecnológica do Sesi de Aquidauana, por meio de inciativa da Biblioteca Sesi Indústria do Conhecimento, distribuíram poesias pela cidade. Os textos impressos em folhas de sulfite foram amarrados em árvores no Centro e ao redor da Praça dos Estudantes.


De acordo com Rafaela Sobrinho Figueiredo, 27 anos, agente administrativa da biblioteca, a iniciativa foi promovida no âmbito do projeto do Instituto Psia, em parceria com a Biblioteca Roda Viva, e já havia sido realizada há quatro anos pela coordenadoria do Sesi.


"Levamos alunos do curso de iniciação tecnológica para poder despertar neles o interesse pela leitura. Foi muito legal ver o empenho deles", disse Rafaela. Entre as poesias estavam autores como José Pedro Frazão, Agenor Martins, Rangel Castilho, Manoel de Barros, Cláudio Valério e Américo Calheiros, entre outros da região.

Veja também

Mais Lidas

1
Aquidauana

Jovem é esfaqueado nas costas no Parque de Exposições

2
Aquidauana

Grupo bebe engradado de cerveja em lanchonete do Bairro Alto e foge sem pagar

3
Aquidauana

Idoso paga R$ 10 por programa e acusa mulher de furto no Guanandy

4
Policial

Tenentes da Marinha são presos levando armas e mais de 1000 munições para RJ

Vídeos

Entrevista com os produtores do Longa-Metragem sobre Sasha Siemel

Tráfego de carretas no cruzamento da Duque de Caxias causa preocupação na população.

4ª Marcha pela Vida - Aquidauana MS

Ver mais Videos

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
5,67m
Miranda
7,36m
Paraguai
1,86m

Colunas e Blogs

Giovani José da Silva

HISTÓRIAS DE ADMIRAR: HISTÓRIAS FEITAS DE GENTES E D...

Valdemir Gomes

Re...

Maria de Lourdes Medeiros Bruno

Estudo de caso

Ver Mais Colunas
498110551