A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
21 de setembro de 2018
Anuncie Aqui
8500
Aquidauana

Exemplo de superação, cego reencontrou seu caminho na massoterapia

Lourival da Silva Santos atende cerca de 15 pessoas por semana em Aquidauana

11 JUL 2018 - 14h37min
Da Redação

Nascido e criado em Aquidauana, Lourival da Silva Santos, de 64 anos, reencontrou seu caminho na massoterapia, tratamento terapêutico à base de massagens, depois de ficar cego por causa de erro médico durante uma cirurgia. Independente, ele explica que as dificuldades na vida existem para serem superadas e sonha com o dia em que vai poder andar sozinho pelas ruas de Aquidauana e Anastácio, se movimentando com ajuda de uma bengala e do piso tátil.

Ele conta que, aos oito anos, teve as córneas lesionadas durante procedimento médico e perdeu a visão dos dois olhos. Ele cresceu abatido e chegou aos 31 anos sem trabalhar. Foi ai que então decidiu romper os obstáculos que a deficiência lhe impôs e passou a estudar. "Eu procurei o Instituto Sul-Mato-Grossense para Cegos e fui estudar. Lá terminei os estudos, me graduei e depois consegui me formar no curso de massoterapia", disse.

Desde então, ele trabalha ajudando as pessoas. "Por meio do trabalho consegui derrubar a barreira do preconceito que a sociedade tem com a pessoa deficiente. Muitos acham que o cego tem que só ficar parado. Mas não deve ser assim. Eu tinha um sonho e dizia que um dia ia ser capaz de ajudar as pessoas, e a massoterapia me deu isso. Pois quem procura meu serviço também quer aliviar traumas de depressão e ansiedade", relatou.

"Todos temos dificuldades e somos capazes de superá-las. Vejam meu exemplo. Sou cego e ando para todos os cantos da cidade. A gente nunca pode desistir dos nossos sonhos e o meu é o dia em que vou poder caminhar sozinho com minha bengala", disse ele, reclamando que os municípios ainda falham na questão da acessibilidade. "Em Campo Grande, por exemplo, faço tudo sozinho lá". Lourival atende na Rua Pandiá Calógeras, em espaço cedido pela irmã e pelo cunhado, perto da rodoviária. O contato é o (67) 99977 - 4483.

Colaborou Luiz Guido Jr.
 

Veja também

Mais Lidas

1
Policial

Policial atacado por pit bull ganha tratamento avaliado em R$ 60 mil e passa por duas cirurgias em MS

2
Aquidauana

Campeiro cai do cavalo em fazenda e é resgatado por piloto de avião e bombeiro

3
Aquidauana

Com muito esforço, Dona Preta está prestes a inaugurar casa nova

4
Aquidauana

Festa do Peixe de Camisão terá pratos típicos e show com Alex & Yvan na abertura

Vídeos

Entrevista com os produtores do Longa-Metragem sobre Sasha Siemel

Tráfego de carretas no cruzamento da Duque de Caxias causa preocupação na população.

4ª Marcha pela Vida - Aquidauana MS

Ver mais Videos

Níveis dos Rios Hoje

Paraguai
3,40m
Miranda
2,74m
Aquidauana
5,64m

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

Às...

Paulo Corrêa de Oliveira

A HORA É AGORA

Robinson L Araujo

É PELA MISERICÓRDIA DE DEUS

Ver Mais Colunas
498110653