A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
21 de Setembro de 2017
Anuncie Aqui
8470
Aquidauana

Família pede ajuda para tratamento de bebê de 15 dias em UTI na Capital

10 JUL 2017 - 13h57min
Flavio Brito
Um dos membros da equipe de O Pantaneiro passa por um momento difícil. O filho de apenas 15 dias do nosso criador de arte, Mario Sérgio, Arthur, teve de ser levado as pressas para Campo Grande, depois de sofrer uma série de paradas cardiorrespiratórias.
 
O pequeno Arthur aspirou acidentalmente o próprio vômito, o que ocasionou dificuldades respiratórias que evoluíram para uma pneumonia. Depois de uma semana de internação, ele teve uma nova parada cardiorrespiratória na manhã desta segunda-feira (10) e contraiu uma infeção. O bebê já havia tido duas paradas dentro da ambulância, no trajeto para Capital. 
 
O filhinho do nosso funcionário foi levado para a UTI e a família tem arcado com um alto gasto para se manter na cidade, são, em média, R$ 350. Mario Sérgio tem um filho mais velho, Nicolas, de 2 anos. Neste momento, toda a família está em Campo Grande para acompanhar o tratamento do caçula.
 
Quem puder contribuir com a família é só entrar em contato pelo (67) 99962-3802 ou aqui no Jornal O Pantaneiro 3241-3254.

Veja também

Mais Lidas

1
Turismo

Primeira chef de cozinha indígena do país é de Aquidauana

2
Policial

Mineiro filmado maltratando sucuri em MS é multado e pousada é fechada

3
Aquidauana

Casa do Trabalhador de Aquidauana oferece três vagas de emprego para hoje

4
Aquidauana

Entregadores dos Correios de Aquidauana entram em greve contra perda de benefícios

Vídeos

Semana Nacional de trânsito inicia em Anastácio com blitz educativa

Sucuri maltratada por turistas em Albuquerque - Distrito Corumbá MS

Carreta Hospital do Câncer de Barretos

Ver mais Videos

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
2,38m
Miranda
2,11m
Paraguai
3,46m

Colunas e Blogs

Maria de Lourdes Medeiros Bruno

“Então vem, vamos embora que esperar não é saber.....

Giovani José da Silva

HISTÓRIAS DE ADMIRAR: E AGORA, ARNALDO?

Valdemir Gomes

Adeus...

Ver Mais Colunas
498110564