A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
17 de julho de 2018
Anuncie Aqui
8494
Aquidauana

Familiares de morto durante atentado em bar protestam por justiça

Léo era uma pessoa do bem e, até onde se sabe, não tinha envolvimento com "coisas erradas", diz amigo

29 JUL 2017 - 09h30min
Da Redação

Amigos e familiares de Leandro Campos da Costa, de 24 anos, reuniram-se nesta manhã para protesto por justiça em Aquidauana. O grupo cobra das autoridades mais celeridade no esclarecimento do atentado que resultou na morte do jovem, ocorrido na última segunda-feira, em um bar no Bairro Nova Aquidauana. Na oportunidade, a esposa de Leandro, e o tio dele, José Erasmo Campos da Silva, 37 anos, acabaram baleados.


Segundo o pastor Cláudio de Souza Teixeira, o objetivo do manifesto, concentrado no cruzamento da Rua Teodoro Rondon com a Sete de Setembro, foi o de sensibilizar as autoridades com a questão, uma vez que outros casos ocorridos recentemente na região foram esclarecidos de forma rápida. "Esperamos repostas urgentes, uma vez que outros casos foram resolvidos com mais rapidez . Aquidauana está se tornando um local perigoso e por isso estamos aqui, clamando por justiça", disse.


Na oportunidade, o pastor lembrou que, independentemente da motivação, Léo, como Leandro era mais conhecido, era uma pessoa do bem e, até onde se sabe, não tinha envolvimento com "coisas erradas". "Era uma pessoa inocente que foi morta injustamente. Era um cara que saía da garagem da prefeitura [trabalhava na coleta seletiva] e ia direto para a casa", pontuou o pastor.


A Polícia Civil investiga o caso e trabalha com inúmeras hipóteses, partindo desde ciúmes até mesmo acerto de contas, uma vez que existe suspeita de que o tio dele estivesse sendo ameaçado por traficantes. "Não há nada disso. Erasmo já havia sido preso uma vez [em Nioaque], mas está solto porque não foi comprovada sua participação. Queremos apenas que os autores do crime, não importa quem seja, que acabem presos e sejam apresentados à população", concluiu.


Violência


Conforme noticiado ontem, Leandro, o tio Erasmo, e a esposa de Leandro, ocupavam um automóvel Gol que estava sendo seguido por uma moto. Quando eles pararam e desceram em frente ao bar localizado na Avenida Mato Grosso, no bairro Nova Aquidauana, os ocupantes da moto se aproximaram e começaram a tirar. Foi levantada a hipótese de que um dos autores fosse policial, mas investigações não encontraram indícios que sustentem tais hipóteses.

 

Veja também

Mais Lidas

1
Nota de Falecimento

Familiares e amigos se despedem de Giselle Gomes Leite nesta segunda-feira

2
Aquidauana

Mecânico que teve sete veículos atingidos ainda banca prejuízos

3
Nota de Falecimento

Servidor público da Câmara de Aquidauana morre em decorrência de infarto

4
Anastácio

Motoqueiro e garupa colidem em porta de carro aberta no Centro de Anastácio

Vídeos

Entrevista com os produtores do Longa-Metragem sobre Sasha Siemel

Tráfego de carretas no cruzamento da Duque de Caxias causa preocupação na população.

4ª Marcha pela Vida - Aquidauana MS

Ver mais Videos

Níveis dos Rios Hoje

Paraguai
5,15m
Miranda
2,66m
Aquidauana
2,70m

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

Já...

Manoel Afonso

Amplavisão 1314 – O eleitor ao estilo ‘rabo de olh...

Raquel Anderson

Vamos falar de Amor?

Ver Mais Colunas
498110629