A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
19 de fevereiro de 2020
Anuncie Aqui
-->
Superação

Foi vendendo salgados a R$ 1 que Tiririca mudou de vida

Com muitas dívidas e só trabalhando longe da família, produzir salgados transformou a historia de Edilson

28 JAN 2020 - 17h30min
Kamila Alcântara

Há mais de três anos Edilson Velasques, hoje com 36 anos, viu todos os seus pertences se perderem por conta de dívidas. Mas, com apoio da família e de amigos, hoje o conhecido Tiririca de Aquidauana sustenta seus sonhos com a venda de salgados de porta em porta. 

Edilson compartilhou com O Pantaneiro como tudo começou. “Só faltou eu perder a casa, mas o resto foi tudo tentando pagar conta. Então, pensei em produzir salgados com uma massa de pão que minha esposa faz. Resolvemos fazer um teste e todos que experimentaram amaram”, lembra.

Porém, ainda ficou só no teste. Ele então foi passar um mês trabalhando de servente de pedreiro, quando voltou já começou a fazer os salgados junto com a esposa e, usando uma motocicleta emprestada do pai, saiu vendendo pela cidade.

Em um ano, com muita luta, Tiririca comprou o seu primeiro veículo, um Fiat Uno que apelidou de “Ketchup”. “As pessoas falavam que eu ia ter mais gastos vendendo em um carro, mas coloquei uma caixa de som em cima, gravei uma chamada no pen-drive e vendeu muito bem”, destaca.

Nessa época, os salgados custavam R$ 2, mas Edilson recebeu uma proposta de emprego fora dos salgados e foi tentar a sorte. Na sua visão, foi apenas algo para lhe tirar o foco, pois quando retornou com as vendas já tinha perdido todos os clientes.

“Orei a Deus e Ele me indicou vender salgados a R$ 1. Pensei que seria pouco e insuficiente para todos os gastos da produção e ainda sustentar minha casa, mas me surpreendi. Hoje consigo pagar os gastos, tenho a minha família trabalhando comigo, cada um com seu sustento, paguei minhas dívidas e vivo coisas que nunca imaginei. Tudo graças aos salgados”, relata emocionado.

O objetivo, daqui para frente, é a concretização de uma fábrica de salgados. “Eu sou grato por cada cliente que compra salgados, pois eles estão me ajudando. É gratificante saber que estou fazendo algo que as pessoas gostam”, concluiu. 

 

 

Veja também

Mais Lidas

1
Policial

Polícia recupera duas caminhonetes roubadas abandonadas no Pantanal em Aquidauana

2
Região

Polícia garante aumento de fiscalização no trânsito em Camisão, Piraputanga e Palmeiras

3
Casa do Trabalhador

Confira as oportunidades da Casa do Trabalhador de Aquidauana

4
Gente

Mais uma “brincadeira” surge na internet para preocupar pais e educadores

Vídeos

Águas do Miranda representa o Centro-Oeste na 7ª edição do Concurso Lei Maria da Pena

Urgente: Caminhão carregado com mortadela cai em serra entre Nioaque e Sidrolândia

PRF persegue veículo suspeito por 10km na BR 262 e apreende 149 tabletes de cocaína

Ver mais Videos

Previsão do Tempo

min24 max38

Aquidauana

Sol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite.
min24 max38

Anastácio

Sol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite.

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
3,24m
Miranda
6,14m
Paraguai
1,49m

Colunas e Blogs

Maria de Lourdes Medeiros Bruno

CONTINUANDO COM FRASES DE CLARICE LISPECTOR

Giovani José da Silva

HISTÓRIAS DE ADMIRAR: SONHOS

Valdemir Gomes

Ser...

Ver Mais Colunas

Guia Cidade

Cyber Cafés

Web Cyber - Conectado ao Mundo!

Rua Manoel Antonio Paes de Barros, 750 Centro - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-7089
Informática

Genius Escola de Formação Profissional

Rua Estevão Alves Corrêa, 2011 Alto - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-4118
Ponto de Táxi

Ponto de Táxi Nº 4

Rua Estevão Laves Correa, s/n - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241 2410
Ver Mais