A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
16 de Agosto de 2017
Anuncie Aqui
8463
Aquidauana

Instituto Sangue Bom vai divulgar e ajudar no cadastro para a doação de medula óssea em Aquidauana

Professor Carlão dará palestra durante a terceira edição do encontro de relíquias

18 MAI 2017 - 11h29min
Flavio Brito

Tornar-se um doador regular de sangue e fazer o cadastro para doar medula óssea são gestos simples que salvam milhares de vida diariamente. O Instituto Sangue vai oferecer aos aquidauanenses uma grande oportunidade de aprender mais sobre estes assuntos durante o 3º Encontro Relíquias de Aquidauana, que ocorre entre os dias 2, 3 e 4 de junho, na avenida Pantaneta. Durante o evento, os visitantes poderão realizar o cadastro para se tornarem um doador de medula óssea, com o apoio da equipe do Hemocentro da cidade.

 

O Sangue Bom atua para aumentar o número de doadores regulares nos bancos de sangue de Mato Grosso do Sul. O instituto é uma continuidade do trabalho realizado pelo projeto “Sangue Bom”, idealizado por Carlos Alberto Rezende, conhecido como professor Carlão, quando foi diagnosticado com aplasia medular.
O professor fará uma palestra sobre a sua história de luta pela saúde e dar informações importantes e tirar dúvidas sobre a doação de sangue e medula óssea. 

“Ainda existem muitos mitos em relação a isto e queremos explicar quais a verdades sobre esses dois procedimentos”, disse Carlão, durante o lançamento do 3º Encontro Relíquias de Aquidauana, realizado em Campo Grande, no dia 13 de maio.

De acordo com as informações do Instituto Nacional do Câncer (Inca), o transplante de medula óssea pode beneficiar o tratamento de cerca de 80 doenças em diferentes estágios e faixas etárias. O fator que mais dificulta a realização do procedimento é a falta de doador compatível, já que as chances de o paciente encontrar um doador compatível são de 1 em cada 100 mil pessoas, em média.

Além disso, o doador ideal (irmão compatível) só está disponível em cerca de 25% das famílias brasileiras – para 75% dos pacientes é necessário identificar um doador alternativo a partir dos registros de doadores voluntários, bancos públicos de sangue de cordão umbilical ou familiares parcialmente compatíveis (haploidênticos).

Para aumentar a probabilidade de êxito na localização, é fundamental manter os dados cadastrais atualizados no Registro Nacional de Doadores Voluntários de Medula Óssea (Redome). Caso haja alguma mudança de informação, preencha este formulário. O voluntário pode ser chamado para efetuar a doação com até 60 anos de idade.

Como é feita a doação

A doação é um procedimento que se faz em centro cirúrgico, sob anestesia peridural ou geral, e requer internação de 24 horas. A medula é retirada do interior de ossos da bacia, por meio de punções. O procedimento leva em torno de 90 minutos, segundo as informações do Inca. A medula óssea do doador se recompõe em apenas 15 dias. Nos primeiros três dias após a doação pode haver desconforto localizado, de leve a moderado, que pode ser amenizado com o uso de analgésicos e medidas simples.  Normalmente, os doadores retornam às suas atividades habituais depois da primeira semana após a doação.

Há outro método de doação chamado coleta por aférese. Neste caso, o doador faz uso de uma medicação por cinco dias com o objetivo de aumentar o número de células-tronco (células mais importantes para o transplante de medula óssea) circulantes no seu sangue. 

Após esse período, a pessoa faz a doação por meio de uma máquina de aférese, que colhe o sangue da veia do doador, separa as células-tronco e devolve os elementos do sangue que não são necessários para o paciente. Não há necessidade de internação nem de anestesia, sendo todos os procedimentos feitos pela veia.

A decisão sobre o método de doação mais adequado é exclusiva dos médicos assistentes, tanto do paciente quanto do doador, e será avaliada em cada caso, de acordo com as informações.

Como é realizado o cadastro

Os Hemocentros regionais ou mais conhecidos como bancos de sangue públicos são responsáveis por cadastrar os interessados em se tornar doadores de medula óssea. Os dados são agrupados em um registro único e nacional, o Redome. Um indivíduo pode ser voluntário para a doação de sangue, doação de medula ou de ambos. É importante que este desejo seja explicitado no momento do cadastro.

Mais informações 

1. Quatro é o número de vidas que podem ser salvas com cada doação de sangue.
2. O sangue representa cerca de 7% do peso corporal de um indivíduo adulto.
3. Qualquer pessoa com boa saúde, entre 16 e 67 anos de idade e com mais de 50 kg de peso, pode ser doadora de sangue.
4. O volume total de sangue a ser doado não pode exceder 8 ml / kg de peso para as mulheres e 9 ml / kg de peso para os homens. O volume máximo admitido para uma doação é de 450 ml ± 50 ml, aos quais podem ser acrescidos até 30 ml para realização dos exames laboratoriais exigidos pelas leis e normas técnicas.
5. A doação de sangue não engrossa nem afina o sangue.
6. Doando sangue você não ganha nem perde peso.
7. Mulheres podem doar sangue mesmo no período menstrual.
8. A doação de sangue não oferece ao doador nenhum risco de contrair doenças infecciosas. Portanto, você não corre risco de contrair AIDS ou Hepatite com a doação de sangue.
9. Cinco são as etapas para uma doação de sangue: cadastro (ou registro) do doador, triagem clínica (inclui teste de anemia, verificação da pressão arterial, batimentos cardíacos, peso, temperatura e questionário sobre sua saúde), voto de auto-exclusão, doação propriamente dita e lanche pós- doação.
10. Todo o processo de doação de sangue dura cerca de uma hora.
11. O sangue doado é testado para seis doenças infecciosas transmissíveis pelo sangue: Hepatite B, Hepatite C, HIV, HTLV, Sífilis e doença de Chagas.

SERVIÇO

3º Encontro Relíquias de Aquidauana
Data: 2, 3 e 4 de junho 
Local: Avenida Pantaneta

Veja também

Mais Lidas

1
Geral

Três pessoas ficam feridas depois de carro sair da pista na rodovia BR-262

2
Policial

Morador flagra ladrão dentro da garagem de casa

3
Anastácio

Travestis de moto derrubam e roubam homem em Anastácio

4
Aquidauana

Governador Reinaldo e prefeito Odilon acompanham juntos desfile

Vídeos

Indígenas fecham BR-262, acesso a Taunay

3º Desafio Mountain Bike - Piraputanga MS

18 Festival de Inverno de Bonito

Ver mais Videos

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
2,57m
Miranda
2,16m
Paraguai
4,32m

Colunas e Blogs

Pedro Puttini Mendes

Imposto Territorial Rural de 2017: muda o ano, os probl...

Valdemir Gomes

Tamanduá...

Maria de Lourdes Medeiros Bruno

Aquidauana...quais caminhos percorrerá?

Ver Mais Colunas
481710640