A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
18 de junho de 2019
Anuncie Aqui
9082
Aquidauana

‘Não tenho tudo o que eu quero, mas amo tudo o que eu tenho’, diz o artesão Zé Maranhense

Aposentado da construção civil, artesão vive vida simples, mas com muita paixão pelo ofício

30 OUT 2018 - 12h20min
Redação

O nome dele é José do Nascimento Silva Filho, mais conhecido como “Zé Maranhense”. Figuraça de Aquidauana, o artesão aposentado de 67 anos vive uma vida modesta, porém apaixonada pela arte da cutelaria e a moda de viola. Ele vende suas facas e afia ferramentas, alicates e tesouras há 3 anos em frente à casa em que mora desde 1972 na Rua Antônio Nogueira, 930, Bairro Alto.

Com a sabedoria do típico homem sertanejo, Zé Maranhense tem muitos amigos. “Minha profissão é minha vida, não tenho inimigos, se alguém não gosta de mim, tô pouco ligando”, diz despretensiosamente.

Zé Maranhense é mestre de obras aposentado. Durante 35 anos exerceu a profissão. Depois que se aposentou, voltou à paixão pelas facas, ofício que aprendeu com o pai, carpinteiro, ainda guri. “Eu sei que é um dom esse gosto pela arte. Sobre se dá dinheiro, eu anotei: quando o tempo tá bom, dá pra fazer 600, 700 reais por mês. E o salário é pouquinho demais pra gente poder passear. Quem tem dinheiro mesmo é os ‘homi lá de riba”, analisa com lucidez impressionante.

Mas mesmo assim, como ele diz, nesse “mundão véio de meu Deus”, está sempre otimista e trabalha com entusiasmo. “Isso aí eu defendo os pneuzinhos da minha moto, compro corda pro meu violão, essas coisas.”

Faca boa para pantaneiro

Zé Maranhense é o preferido dos pantaneiros da região. As facas que faz, com ferro e aço oriundos de ferro-velho ou doados por amigos que lhe trazem um machetão véio aqui, uma serra sucuri ali, fazem sucesso por cortar que é uma beleza.

“Não dá para quem quer. Os pantaneiros gostam de uma faca boa, desse modelo de ‘barriga de pacu’, bem volteada. Também sai muito a afiação de ferramentas. Agora mesmo tô fazendo uma faca com o melhor aço que é de mola de porta de armazém. Corta mesmo, a turma pede direto”, explica mexendo nas tralhas.

Entre a afiação de uma tesoura para cortar tecido, outra de alicate de unha, também de tesoura de cortar crina de cavalo, além do principal, claro, que é a venda de facas, Zé Maranhense aprecia uma boa moda de viola. Ele toca com o parceiro na dupla “Nelson Alagoano & Maranhense”, e ainda dá aulas de violão para crianças e adultos, toda segunda, quarta e sexta, das 19 às 20 horas.

“A turma chama nóis pra tocar um Tião Carreiro, um Tonico e Tinoco, comer um churrasquinho, tomar uma cervejinha...É demais da conta de bom.”

E nessa vida de aposentado, artesão, violeiro e cantor, Zé Maranhense, casado há 47 anos e pai de uma renca (apenas uma filha, conta entre risos), deixa seu decreto. “Não tenho tudo o que eu quero, mas amo tudo o que eu tenho”.

Ah se muita gente pensasse assim, o mundo, definitivamente, seria um lugar melhor.

*Com informações de Luiz Guido Jr.

 

 
 

Veja também

Mais Lidas

1
Aquidauana

Delegado de Aquidauana é transferido após sumiço de 100 kg de cocaína

2
Aquidauana

Homem agride ex-mulher e rasga as roupas dela durante churrasco

3
Aquidauana

Amigos fazem campanha para localizar familiares de travesti de Aquidauana

4
Anastácio

Bombeiros encontram corpo de jovem de 25 anos que se afogou no rio Aquidauana

Vídeos

Motorista que causou acidente admitiu ter bebido cerveja e não tinha CNH

PRF promove campanha de combate a violência sexual infantil

Portal Atacado • Anastácio MS | Especial Dia das Mães

Ver mais Videos

Previsão do Tempo

min16 max32

Aquidauana

Sol com algumas nuvens. Não chove.
min16 max32

Anastácio

Sol com algumas nuvens. Não chove.

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
2,69m
Miranda
3,48m
Paraguai
5,59m

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

Tudo...

Giovani José da Silva

HISTÓRIAS DE ADMIRAR: MOROS

Maria de Lourdes Medeiros Bruno

5° ENCONTRO RELÍQUIAS DE AQUIDAUANA (7 a 9 DE JUNHO ...

Ver Mais Colunas

Guia Cidade

Farmácias e Drogarias

Farmácia Marialva

Rua Estevão Alves Correa, 2097 Centro - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241 4526/3992
Escolas Municipais

Escola CEI Pólo Andréia P. de Oliveira

Rua Felipe Orro, Pavilhão 3, Bairro da Exposição - 79200-000 Aquidauana/MS (67)
Fotografias - LAB.

Vivid Estúdio Fotográfico

XV de Agosto, 339 alto - 79200-000 Aquidauana/MS 3241-4444 http://www.vividfoto.com.br
Ver Mais
508110564