A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
01 de junho de 2020
Anuncie Aqui
-->
Aquidauana

UFMS discute locais de lazer e turismo mais acessíveis a pessoas com deficiência

Projeto com atividades e palestra reúne interessados em como melhorar os ambientes aos PCDs em Aquidauana e Anastácio

1 SET 2019 - 10h03min
Redação

Na última quinta-feira (29) a UFMS promoveu gratuitamente, por meio de um projeto de extensão, a palestra “Aspectos legais e as pessoas com deficiência: destaques no lazer, na cultura e no turismo”. Uma série de atividades também constaram na programação que fez parte do projeto de extensão “Acessibilidade e Turismo: uma proposta de sensibilização e intervenção nos municípios de Aquidauana e Anastácio-MS”.

Debate e experiência - Adriana F. Silva Duarte, foi mediadora da mesa “Pessoas com deficiência e os desafios da inclusão nos espaços de lazer, cultura e turismo” e conduziu o debate durante a ação por ter ampla experiência como mãe de autista. Ela é presidente da Associação de Familiares de Pessoas com Transtorno do Espectro Autista de Aquidauana e Anastácio (AFaP TEA).

"A minha formação de mãe de autista, vivenciando os desafios diários e a minha visão é que projetos como esse é de extrema importância para a sociedade. Hoje, encontramos uma série de dificuldades para levar nossos filhos e filhas para se divertir, e sabemos que existe todo o contexto da vida de um autista, a dificuldade por não ter lugares adequados e adpatados, por exemplo", relatou.

Para Adriana, Aquidauana e Anastácio ainda carece muito de atrativos. "Nossa natureza é muito generosa, mas não há atividades culturais diversas disponíveis. Para alguns autistas, o cinema é insuportável, em razão da quantidade de pessoas. O ideal seria ter uma sessão azul voltada para o autista, com som mais baixo, luz acesa para facilitar o acesso e número reduzido de pessoas na sessão. Precisamos também de mais parques, ou seja, outros locais, pois temos somente a Lagoa Comprida, e alguns autistas não se adaptam a locais muito abertos, amplos assim. Importante é discutir o assunto, traçar metas e buscar soluções para ter acesso a lazer, cultura e turismo como um todo", finalizou.

Sobre o projeto:

O projeto é fruto de um semestre de discussões realizadas por um grupo de alunos do Curso de Turismo da UFMS/CPAQ, sob a coordenação da Profa. Dra. Patrícia Zaczuk Bassinello, acerca de problemas ou situações variáveis e diferentes apresentados em uma sociedade.

A escolha do tema partiu de reflexões sobre as dificuldades e desafios encontrados para se garantir acessibilidade e as demandas decorrentes da mobilidade urbana e suas relações com os campos que contemplam o lazer, a cultura e o Turismo.

Utilizando-se da ferramenta de resolução de problemas, o grupo sugeriu uma série de proposições no âmbito da sensibilização da sociedade, bem como proposições de intervenção junto ao público-alvo – pessoas com deficiência – demonstrando a postura ativa do grupo e o esforço profissional na busca de possíveis respostas e exemplos de mobilização social, frente aos problemas que assolam tais questões.

Cientes da necessidade da construção de um mundo melhor para a sociedade e para as gerações futuras, o projeto tem a intenção de socializar, por meio das ações de sensibilização e intervenção, alternativas viáveis que possam diminuir ou sinalizar problemas sobre o tema do lazer e turismo para as diferentes deficiências. Perceber as dificuldades, limitações e colocar-se no lugar de quem possui algum tipo de deficiência é um exercício indispensável para o desenvolvimento de qualquer novo projeto, seja ele um produto ou serviço.

Pensando nisso, o projeto inicia uma discussão com a sociedade aquidauanense e anastaciana sobre os direitos cotidianos dessas pessoas na relação com as pessoas sem deficiência, tornando inclusivas e participativas as ações previstas. Faz-se necessário, para isso, que a ideia proposta seja aplicada e que, posteriormente, tome novas repercussões de interesses para as associações e setores (público e privado) envolvidos no âmbito do lazer e turismo, interferindo na inclusão e socialização e, em especial, visando acompanhar e utilizar como exemplo os avanços e ações de sucesso realizados em outros municípios, que já praticam ações dessa natureza.

 

Veja também

Mais Lidas

1
Aquidauana

Na 'boca do coalhada', polícia prende traficante e apreende R$ 400 em Aquidauana

2
Coronavírus

MS tem quase 1,5 mil casos, 20 mortes e Aquidauana entra na lista de dados da SES

3
Aquidauana

Colisão entre carro e moto termina com jovem ferida em Aquidauana

4
Aquidauana

Rompimento de adutora deixa oito bairros sem água em Aquidauana

Vídeos

Cães encontram droga escondida em estofado de veículo

Morador de Taunay encontra jaguatirica morta às margens da BR-262

Bombeiros de Aquidauana estão na operação para controle de grande incêndio no Pantanal

Ver mais Videos

Previsão do Tempo

min14 max26

Aquidauana

Sol com muitas nuvens durante o dia. Períodos de nublado, com chuva a qualquer hora.
min14 max26

Anastácio

Sol com muitas nuvens durante o dia. Períodos de nublado, com chuva a qualquer hora.

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
3,44m
Miranda
4,80m
Paraguai
1,89m

Colunas e Blogs

Giovani José da Silva

HISTÓRIAS DE ADMIRAR: SOMOS O QUE, MESMO?

Valdemir Gomes

É...

Maria de Lourdes Medeiros Bruno

"CITAÇÕES DE CLARICE LISPECTOR"

Ver Mais Colunas

Guia Cidade

Escolas Municipais

Escola Municipal Erso Gomes

, - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241 5045
Escolas Estaduais

Escola Estadual Dóris Mendes Trindade

M.Guerreiro, s/n - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241 1087
Escolas Municipais

Escola Municipal Antonio Santos Ribeiro

Rua Hugo Correa, Distrito de Piraputanga - 79200-000 Aquidauana/MS (67)
Ver Mais