O Pantaneiro

quarta, 04 de julho de 2012

Traição

Sou amigo e eleitor de primeira hora do senador Pedro Taques. Estou satisfeito com o voto que lhe dei, ajudando-o a chegar ao Senado Federal.
 
Foi a minha gratidão ao menino escoteiro que trabalhou na inauguração do Teatro Universitário em 1982.
 
Já famoso, o guri do teatro de Macunaíma, me revelou que resolveu estudar de verdade para um dia ser alguém na vida quando, no ônibus que transportava as mulheres dos reitores para visitar a Chapada dos Guimarães, não soube responder a pergunta de uma delas.
 
- “Este riacho é perecível?”
 
O garoto do mato nunca tinha ouvido a palavra perecível. Envergonhado, fez um compromisso de estudar o resto da vida para responder sempre a qualquer pergunta.
 
É o que fez com brilhantismo na Procuradoria da República, e agora como professor e senador do Brasil.
 
Fiquei surpreso quando soube que o nosso senador disse da tribuna do Senado que está sendo traído.
 
Existe traição em política?
 
Segundo Houaiss, traição é uma deslealdade ou infidelidade amorosa. No caso em questão, esqueçamos a segunda hipótese.
 
O que é uma deslealdade em política?
 
O político, jornalista e ex-governador do Rio de Janeiro, Carlos Lacerda dizia: “Eu prefiro ser surpreendido pela traição a ficar a vida inteira esperando por ela”.
 
No mundo político, “fidelidade é uma forte coceira, que não pode coçar.” – palavras do jornalista francês Aurèliey School.
 
Meu caro senador. Esse sintoma de “facada nas costas” faz-lhe bem enquanto jovem. Nessa nova profissão que você escolheu, na certa, sofrerá e fará erroneamente o diagnóstico chamado de traição em política, onde os valores éticos são direcionados exclusivamente ao poder.
 
Seu xará renegou Cristo e se tornou dono da Igreja Católica, e foi o seu primeiro Papa. Exerceu o poder da fé, mesmo com esse deslize.
 
O poder só é exercido por aqueles que traíram, no seu sentido mais amplo. Ideologia, valores, compromissos, amigos e, principalmente, o povo.
 
Prepare-se para o poder, meu nobre senador. 
 
Gabriel Novis Neves
 
12-06-2012
Compartilhe: Orkut

Sobre o colunista

Gabriel Novis Neves

Reitor fundador da Universidade Federal de Mato Grosso, é médico em Cuiabá.

Leia mais
Parceiros Vivid Estudio Fotográfico Coeso Eletrificação Rural YouZoom Soluções Web AT Informática Chiquinho Sorvets Lise Jones - Cerimonial