A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
10 de julho de 2020
Anuncie Aqui
-->
Inclusão

Apesar da inclusão, população preta e parda não se vê representada

Estudantes pretos ou pardos são maioria nas universidades federais

20 NOV 2019 - 10h21min
Agência Brasil

O Brasil atingiu um indicador inédito em 2019: pela primeira vez, pessoas que se identificam como pretas ou pardas superaram os autodeclarados brancos nas universidades federais. De acordo com a pesquisa Desigualdades Sociais por Cor ou Raça Brasil, feita pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), os pretos ou pardos somam 50,3% dos alunos regularmente matriculados no ensino superior público.

Os dados, porém, não refletem necessariamente a percepção dos negros em relação ao acesso ao espaço universitário. “Eu acho que a semana da Consciência Negra está aí exatamente para provar que esses dados não são verdadeiros. Eu, pessoalmente, não acredito em notícias assim. É pura desinformação”, afirma Filipe Davi Cardoso dos Santos, estudante de filosofia da Universidade de Brasília (UnB).

A pesquisa mostra que talvez haja razões para que algumas pessoas, assim como Filipe, não percebam o avanço na questão. Apesar do número de estudantes dessa parcela populacional ter aumentado, o abandono dos cursos ainda é alto. De acordo com os dados, 28,8% desses alunos não chegarão a graduação.

Homicídios

O estudo mostra, ainda, que as dificuldades da população preta ou parda vão além do acesso ao estudo superior. A taxa de homicídios nesse grupo, na faixa etária de 15 a 29 anos, é de 98,5 por 100 mil habitantes. Pessoas da mesma faixa etária que se identificam como brancas contabilizaram 34 homicídios por 100 mil. “Somos uma população constantemente ameaçada. Sofremos com a violência urbana e a violência doméstica. O nosso sangue ajudou a fundar esse país. E ainda assim as pessoas pretas não tem políticas públicas necessárias para nos tirar da margem da sociedade”, afirma a estudante de Ciências Sociais Ramara Catarine da Silva.

Representatividade

A população preta ou parda  - cerca de 55,8% dos brasileiros - não conta com uma representatividade correspondente nas esperas públicas. Na esfera federal, 24,4% dos deputados eleitos se declararam pretos ou pardos. O cenário se repete nos estados: 28,9% dos representantes públicos pertencem ao grupo demográfico majoritário. "Esses indicadores de representação são importantes para monitorar como esses grupos minoritários se inserem em espaço de tomada de decisão", explicou a analista de População e Indicadores Sociais do IBGE, Luanda Botelho.

Semana da Consciência Negra

A Agência Brasil coletou depoimentos de estudantes sobre a percepção geral sobre o ensino superior no Brasil e sobre a Semana da Consciência Negra. Assista abaixo:

 

 

Veja também

Mais Lidas

1
Aquidauana

Poucos dias após ganhar festa drive thru, Dona Edna falece em Aquidauana

2
Aquidauana

Aquidauana tem três novos casos de coronavírus nesta quinta-feira

3
Aquidauana

Sucesso na fronteira, Baddi chega à Aquidauana com as melhores pizzas e esfihas

4
Policial

Acidente entre carro e caminhão deixa três pessoas mortas em MS

Vídeos

Cães encontram droga escondida em estofado de veículo

Morador de Taunay encontra jaguatirica morta às margens da BR-262

Bombeiros de Aquidauana estão na operação para controle de grande incêndio no Pantanal

Ver mais Videos

Previsão do Tempo

min13 max30

Aquidauana

Sol com algumas nuvens. Não chove.
min13 max30

Anastácio

Sol com algumas nuvens. Não chove.

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
2,37m
Miranda
2,09m
Paraguai
1,88m

Colunas e Blogs

Maria de Lourdes Medeiros Bruno

"OS PRAZERES DE UMA VIDA NORMAL"

Valdemir Gomes

A...

Rosildo Barcellos

História e tradição a céu aberto

Ver Mais Colunas

Guia Cidade

Escolas Municipais

Escola Municipal Indígena Francisco Pires

, Distrito de Taunay - 79200-000 Aquidauana/MS (67)
Pizzarias

Pizza Caseira Quero Mais

, - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-8107
Gráfica

Gráfica Pantaneira

Rua XV de Agosto, 339 alto - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-3254 / 32 www.opantaneiro.com.br
Ver Mais