A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
17 de Agosto de 2017
Anuncie Aqui
8463
Brasil

Brasil vai se reencontrando com sua vocação de prosperidade, afirma Temer

11 OUT 2016 - 18h00min
Governo Federal
A Câmara dos Deputados aprovou, na noite desta segunda-feira (10), em primeiro turno, a PEC 241, que estabelece um teto de gastos públicos. Foram 366  votos a favor, 111 contra e 2 abstenções. Eram necessários no mínimo 308 votos favoráveis.
 
O projeto agora será analisado em segundo turno no plenário da Câmara e precisará ser aprovado por pelo menos 308 votos para, então, seguir para análise do Senado.
 
Em declaração à imprensa, o porta-voz da Presidência da República, Alexandre Parola, destacou a "vitória maiúscula" na Câmara. Comunicou que o presidente Michel Temer "reafirma sua confiança em que a partir do entendimento da construção de consensos e da negociação democrática o Brasil vai se reencontrando com sua vocação de prosperidade e de justiça social."
 
Parola também destacou a "frequência extraordinária" na Câmara, em uma antevéspera de feriado, o que "é sinal claro do compromisso do Congresso Nacional com a recuperação do equilíbrio fiscal e com resgate da responsabilidade na gestão do orçamento público".
 
O porta-voz da Presidência também enfatizou que o orçamento equilibrado representará a garantia de recursos futuros para as politicas sociais de combate à pobreza e para a saúde e a educação. "A emenda não retira nenhum dos direitos garantidos pela Constituição e preserva os gastos justamente nas áreas de saúde e de educação", afirmou.
 
Sobre as garantias dadas pela PEC à economia brasileira, Parola salientou, em declaração, que a emenda, uma vez em vigor, irá "proteger a economia brasileira da irresponsabilidade fiscal e colocar o Brasil nos trilhos do desenvolvimento com equilíbrio. Com base no princípio que todos entendem, que cada família segue em sua casa, de que só se pode gastar o que se arrecada, é importante sublinhar que  a busca do equilíbrio das contas não é um fim em si mesmo, mas é um meio para a retomada do crescimento, para a redução das taxas de juros e para o aumento do emprego".
 
Por fim, reiterou a satisfação do presidente Michel Temer com o resultado desta segunda e retransmitiu os agradecimentos aos parlamentares presentes no plenário na votação do primeiro turno.

Veja também

Mais Lidas

1
Geral

Três pessoas ficam feridas depois de carro sair da pista na rodovia BR-262

2
Policial

Morador flagra ladrão dentro da garagem de casa

3
Aquidauana

Casa do Trabalhador de Aquidauana oferece uma vaga de emprego

4
Geral

Rua cheia de buracos é alvo de protestos de moradores depois da volta da chuva

Vídeos

Indígenas fecham BR-262, acesso a Taunay

3º Desafio Mountain Bike - Piraputanga MS

18 Festival de Inverno de Bonito

Ver mais Videos

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
2,57m
Miranda
2,16m
Paraguai
4,32m

Colunas e Blogs

Pedro Puttini Mendes

Imposto Territorial Rural de 2017: muda o ano, os probl...

Valdemir Gomes

Tamanduá...

Maria de Lourdes Medeiros Bruno

Aquidauana...quais caminhos percorrerá?

Ver Mais Colunas
481710640