A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
24 de junho de 2018
Anuncie Aqui
8498
Brasil

Condenação de Lula é tentativa de inviabilizar candidatura em 2018, diz Gleisi

Além dos 9 anos e meio de prisão, a sentença de Moro proíbe Lula de exercer cargo ou função pública por 19 anos

12 JUL 2017 - 16h47min
Agência Brasil

Em discurso na tribuna do Senado, a presidenta nacional do PT, senadora Gleisi Hoffmann (PR), disse hoje (12) que a condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva é “política”, “sem provas” e tem como objetivo inviabilizar a candidatura do líder petista à presidência da República em 2018.

“Como o Lula pode ser dono de um triplex se não tem o registro de imóveis no nome dele? Como o Lula pode ser dono de um triplex que não tem sequer a vontade de ele comprar documentada? Não tem provas de que esse apartamento é do Lula”, criticou Gleisi.

Além dos 9 anos e meio de prisão, a sentença de Moro proíbe Lula de exercer cargo ou função pública por 19 anos. “Se vocês querem tirar o Lula da vida política, sejam decentes, sejam corajosos, lancem um candidato e disputem nas urnas”, discursou.

Gleisi fez ainda críticas ao juiz Sérgio Moro, responsável pelos processos da Lava Jato na primeira instância. Para ela, a decisão de Moro de condenar Lula é uma “prestação de contas” do magistrado aos meios de comunicação e com a opinião pública.


“Juiz Sérgio Moro dê exemplo ao Brasil, não faça isso. É feio. Todo mundo está vendo que é uma decisão política, uma decisão baseada em convicção, baseada para justificar a sua posição reiterada de convencimento da opinião pública de que Lula era chefe de quadrilha”, disse a senadora.

Segundo a presidenta do PT, os movimentos sociais se mobilizarão para defender a inocência do ex-presidente e será organizado um ato amanhã (13) com Lula em defesa do petista.

Partido

Uma nota assinada pela direção nacional do partido também criticou a decisão de Moro e defendeu que Lula é vítima de perseguição. " Lula não está acima da lei, tampouco abaixo dela. O que ocorre é um processo de perseguição que se constitui em uma aberração constitucional; um caso típico de lawfare, em que se utilizam recursos jurídicos indevidos como fim de perseguição política".

O texto diz ainda que manterá a "defesa intransigente a Lula, por acreditar em sua absoluta inocência". "Hoje, mais do que nunca, nos solidarizamos com Lula, e com seus filhos e netos"

Veja também

Mais Lidas

1
Policial

Após sair de Festa da Farinha, homem é roubado e agredido na Estrada Boiadeira

2
Policial

Por ciúme doentio, homem agride mulher e sai de casa no Bairro Alto

3
Policial

Delegacia de Polícia de Aquidauana registra mais um caso de lesão corporal dolosa

4
Anastácio

Homem é preso por agredir e perseguir mulher em Anastácio

Vídeos

Entrevista com os produtores do Longa-Metragem sobre Sasha Siemel

Tráfego de carretas no cruzamento da Duque de Caxias causa preocupação na população.

4ª Marcha pela Vida - Aquidauana MS

Ver mais Videos

Níveis dos Rios Hoje

Paraguai
5,23m
Miranda
3,31m
Aquidauana
2,89m

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

É...

Robinson L Araujo

A VERDADE DO REINO DE DEUS E A CONSEQUÊNCIA EM AGIR DI...

Raquel Anderson

Calada noite

Ver Mais Colunas
498110555