A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
20 de julho de 2019
Anuncie Aqui
8828-->
Economia

Economia brasileira deve crescer 1,9%, prevê OCDE

6 MAR 2019 - 13h30min
Agência Brasil

A economia brasileira deve crescer 1,9% este ano. Essa é a previsão para o Produto Interno Bruto (PIB), soma de todos os bens e serviços produzidos pelo país, divulgada hoje (6) pela Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE).

A estimativa é menor do que a divulgada pela organização em novembro do ano passado, que foi de 2,1%. Para 2020, a OCDE manteve a previsão de expansão em 2,4%.

Apesar da redução na estimativa, de acordo com a entidade, uma recuperação moderada da economia está em curso no Brasil. “Maior confiança das empresas, menor incerteza política, inflação baixa e melhora no mercado de trabalho servirão de base para a demanda interna”, diz o relatório.

Para a OCDE, a implementação bem sucedida da agenda de reformas do novo governo, particularmente a reforma previdenciária, continua sendo fundamental para uma retomada mais forte do crescimento.

Em 2018, o PIB fechou com crescimento acumulado de 1,1%  em relação ao ano anterior. O PIB também fechou 2017 com expansão de 1,1%, mas nos dois anos anteriores registrou queda: 3,3% em 2016 e 3,5% em 2015.

A projeção da OCDE está abaixo da expectativa do mercado brasileiro. De acordo com o último boletim Focus, do Banco Central, a estimativa para a expansão do PIB é de 2,48% para este ano e 2,65% para 2020.

PIB mundial

De acordo com a OCDE, a economia mundial também continua perdendo força, por isso houve redução da estimativa de crescimento para 3,3% em 2019 e 3,4% no próximo ano. Em novembro, a organização previa expansão de 3,5% tanto neste ano quanto em 2020.

As perspectivas econômicas são mais fracas em quase todos os países do G20 (grupo que reúne as 20 maiores economias do mundo), em especial na zona do euro, nomeadamente a Alemanha e a Itália, bem como para o Reino Unido, o Canadá e a Turquia.

A OCDE identifica a desaceleração chinesa e europeia, bem como o enfraquecimento do comércio global, como os principais fatores que pesam sobre a economia mundial.

Impactos

“Vulnerabilidades oriundas da China e enfraquecimento da economia europeia, combinadas com uma desaceleração do comércio e da indústria global, alta incerteza política e riscos nos mercados financeiros, poderiam minar o crescimento forte e sustentável no médio prazo em todo o mundo”, diz a entidade.

A entidade alerta ainda que novas restrições comerciais e incerteza políticas podem trazer efeitos adversos adicionais ao crescimento global.

“As restrições comerciais introduzidas no ano passado são um entrave ao crescimento, investimento e padrões de vida, particularmente para as famílias de baixa renda”, diz o relatório. “O diálogo multilateral deve ser intensificado para evitar novas restrições comerciais prejudiciais e para aproveitar as oportunidades de maior liberalização que poderiam beneficiar todas as economias”.

A recomendação da OCDE é que os bancos centrais continuem apoiando suas economias e garantindo que as taxas de juros de longo prazo permaneçam baixas, mas ressalta que a política monetária sozinha não pode resolver a crise na Europa ou melhorar as perspectivas modestas de crescimento a médio prazo.

“Um novo estímulo fiscal coordenado em países europeus com baixo endividamento, juntamente com reformas estruturais renovadas em todos os países da área do euro, impulsionariam uma recuperação do crescimento, a produtividade e estimulariam o crescimento dos salários a médio prazo”.

 

Veja também

Mais Lidas

1
Policial

Dupla passa 11 horas comendo e bebendo em conveniência e vai embora sem pagar a conta

2
Policial

Homem estuprava menina e a obrigava a enviar fotos

3
Esportes

Ex-Seduc e Aquidauanense, Marcos Henrique é contratado pelo Santos

4
Policial

Cadela morre envenenada e responsável procura a polícia

Vídeos

Ministro do Turismo lança em Bonito programa para geração de empregos e renda no MS

Com atrações tradicionais e elenco de programa de TV, circo é atração para família

Bombeiros resgatam gatinhos presos no motor de veículo

Ver mais Videos

Previsão do Tempo

min19 max33

Aquidauana

Sol com algumas nuvens. Não chove.
min19 max33

Anastácio

Sol com algumas nuvens. Não chove.

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
2,75m
Miranda
2,73m
Paraguai
3,91m

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

Para...

Fausto Matogrosso

O Brasil diante do mundo

Giovani José da Silva

HISTÓRIAS DE ADMIRAR: EDUCAÇÃO, QUEM PRECISA?

Ver Mais Colunas

Guia Cidade

Escolas Estaduais

Escola Estadual Candido Mariano

Rua Candido Mariano, s/n - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241 3472
Associações e Sindicatos

AABB - Associação Atlética Banco do Brasil

Rua João Dias Feitosa, 1661 Bairro da Serraria - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241 3051/99911
Escolas Municipais

Escola Municipal Indígena Francisco Pires

, Distrito de Taunay - 79200-000 Aquidauana/MS (67)
Ver Mais
508110638
Supermercado Siriema