A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
15 de julho de 2020
Anuncie Aqui
-->
Imóvel

FGTS vai reduzir descontos no financiamento da casa própria em 2021

Decisão foi tomada pelo Conselho Curador do FGTS

19 FEV 2020 - 18h23min
Agência Brasil

Os descontos concedidos a pessoas físicas nos financiamentos à casa própria, com recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), vão cair a partir do próximo ano. A decisão foi tomada pelo Conselho Curador do FGTS, que reuniu-se hoje (19), em Brasília, para revisar o orçamento do fundo.

Os subsídios foram definidos em R$ 9 bilhões para este ano, R$ 8,5 bilhões, em 2021, R$ 8 bilhões, em 2022, e R$ 7,5 bilhões, em 2023. O presidente do Conselho Curador do FGTS, Júlio César Costa Pinto, afirmou que a ideia é reduzir os descontos em uma “transição suave”.

Costa Pinto afirmou que já há uma discussão sobre a possibilidade de redução das taxas de juros dos empréstimos “de forma que no final não tenha mudanças em termos de custos para o consumidor”. A redução de juros depende de normativos do Conselho Curador. O presidente do conselho ponderou que, além de incentivar a habitação popular, é preciso priorizar também a remuneração paga aos trabalhadores. “Temos que pensar em reembolsar o cotista e também em habitação”, disse.

Orçamento

O Conselho aprovou o orçamento para 2020, com o total de R$ 77,9 bilhões. Segundo Costa Pinto, houve uma “adequação de receitas e despesas”. Na revisão do Orçamento que já tinha sido aprovado em dezembro, houve aumento no orçamento para habitação popular de R$ 62 bilhões para R$ 62,5 bilhões. O orçamento para saneamento básico foi mantido em R$ 4 bilhões, para infraestrutura urbana, segue em R$ 5 bilhões e para o FGTS-Saúde, que financia entidades hospitalares filantrópicas, permaneceu em R$ 3,4 bilhões.

Taxa de administração

O conselho também aprovou o valor nominal que será pago à Caixa Econômica Federal por administrar o FGTS. Esse valor ficou em R$ 2,643 bilhões, dividido em 12 parcelas, neste ano.

A medida provisória que liberou os saques do FGTS reduziu a taxa de administração 1% e 0,5%. A MP foi aprovada pelo Congresso Nacional e convertida em lei no final do ano passado. O conselho converteu o percentual em valor nominal.

 

Veja também

Mais Lidas

1
Aquidauana

Aluno elogiado pelos professores, Adalberto é a vítima 177 da Covid-19 no MS

2
Aquidauana

Paciente de 35 anos é novo caso confirmado de coronavírus em Aquidauana

3
Aquidauana

Secretário Nacional de Justiça e Segurança é aquidauanense com muito orgulho

4
Anastácio

Menino fica ferido após acidente com carro em Anastácio

Vídeos

Cães encontram droga escondida em estofado de veículo

Morador de Taunay encontra jaguatirica morta às margens da BR-262

Bombeiros de Aquidauana estão na operação para controle de grande incêndio no Pantanal

Ver mais Videos

Previsão do Tempo

min16 max29

Aquidauana

Sol com algumas nuvens. Não chove.
min16 max29

Anastácio

Sol com algumas nuvens. Não chove.

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
2,37m
Miranda
2,08m
Paraguai
1,80m

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

Os...

Maria de Lourdes Medeiros Bruno

"MACABÉA"

Rosildo Barcellos

ECA 30 anos !

Ver Mais Colunas

Guia Cidade

Pousadas

Fazenda 23 de Março

Acesso por Miranda ou Taunay, ------ ------- - 79002-364 Aquidauana/MS (67)321-4737 / 9997- www.fazenda23demarco.com.br
Médicos

Marcelo H. Nakamiti - Oftalmologista

Rua Manoel Antonio Paes de Barros, s/nº Centro - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-4371
Pousadas

Fazenda Cacimba de Pedras

Acesso por Miranda ou Taunay, - Aquidauana/MS (67) 3382-1555 / 998 www.cacimbadepedras.com.br
Ver Mais