A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
11 de dezembro de 2019
Anuncie Aqui
9186-->
Habitação

Governo anuncia novo programa habitacional neste mês, diz ministro

Estimativa é que mais 400 mil unidades sejam construídas já em 2020

3 DEZ 2019 - 06h46min
Agência Brasil

O governo federal anuncia neste mês a reformulação do programa habitacional Minha Casa Minha Vida, que passa a ter como prioridade municípios com até 50 mil habitantes. Uma das principais novidades é que o beneficiário terá mais liberdade para definir como será o imóvel. O assunto está entre os que o ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, abordará no programa Brasil em Pauta, da TV Brasil, que vai ao ar nesta terça-feira (2), às 22h.

No atual formato, o beneficiário recebe a casa pronta da construtora. Com o novo programa, que ainda não teve o nome definido, o beneficiário receberá um voucher (documento fornecido para comprovar um pagamento ou comprovante que dá direito a um produto) para definir como a obra será tocada, o que inclui a escolha do engenheiro e a própria arquitetura do imóvel.

Segundo Canuto, a disponibilização de um voucher permitira àquele que vai receber a unidade habitacional participar da construção, escolher onde a casa será feita e até mesmo o projeto da casa.“Muitas vezes a família precisa ou quer uma casa mais simples e maior. Outra, com cômodos menores e mais qualidade de acabamento. A gente quer deixar isso a critério do beneficiário”, afirmou

O ministro disse que o valor do voucher dependerá dos preços correntes no mercado imobiliário no local onde o imóvel será construído. O programa trabalha com valor médio de R$ 60 mil por beneficiário, em três tipos de voucher: o de aquisição, para comprar o imóvel já pronto; o de construção, para começar a casa do zero; e o de reforma, para melhorar ou ampliar a casa já existente.

A princípio, o governo pretende oferecer vouchers a famílias com renda mensal de até R$ 1,2 mil. Já as famílias com renda entre R$ 1,2 mil e R$ 5 mil mensais entrarão no programa de financiamento do programa.

Segundo Canuto, a ideia é oferecer juros abaixo dos cobrados atualmente. “Hoje a faixa é de 5% [ao ano]. A gente quer baixar isso para 4,5% ou 4% para ficar mais competitivo. Essa é a premissa base”, ressaltou.

A expectativa do governo é que o novo programa resulte na construção de 400 mil unidades já em 2020. De acordo com a pasta, em 2019, foram entregues 245 mil residências pelo modelo atual e 233 mil estão em construção.

 

Veja também

Mais Lidas

1
Policial

Mulher mata marido com facada no coração em acampamento indígena

2
Policial

PMA de Aquidauana apreende 119 kg de pescado, barco, motor, redes e armas

3
Gente

Fato ou fake: clique viral em Aquidauana é do Morro do Chapéu?

4
Policial

Homem é preso depois de arrancar 3 dentes da mulher durante agressão

Vídeos

Motorista de caminhão afirma que fazia conversão à direita quando motociclista tentou ultrapassá-lo

Pra onde vão nossas crianças?

Veja vídeo: Capivara invade clínica e é flagrada tomando banho em piscina

Ver mais Videos

Previsão do Tempo

min24 max32

Aquidauana

Sol com muitas nuvens. Pancadas de chuva à tarde e à noite.
min24 max32

Anastácio

Sol com muitas nuvens. Pancadas de chuva à tarde e à noite.

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
3,86m
Miranda
4,99m
Paraguai
1,00m

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

Cada...

Raquel Anderson

Domingo pantaneiro!

Maria de Lourdes Medeiros Bruno

“CULTURA NÃO É PARA PRINCIPIANTE!”

Ver Mais Colunas

Guia Cidade

Hospitais/Postos de Saúde

Posto de Saúde Familiar CAIC (PSF - CAIC) - Programa Saúde da Família Vila Pinheiro

R. Francisco Pereira Alves, s/nº Pavilhão 1 CAIC Bairro: Exposição - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-3637
Hotéis

Hotel de Trânsito do Exército

Rua 7 de Setembro, 1575 Guanandy - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-1600/241-3
Médicos

Heraldo Alan K. J. de Paula - Radiologista

Rua Duque de Caxias, 645 Bairro Alto - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-2279
Ver Mais
514010576