A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
20 de agosto de 2019
Anuncie Aqui
8826-->
Tráfego

Governo vai instalar 1 mil radares em rodovias federais, diz ministro

Quantidade faz parte de acordo com MPF para reduzir pontos monitorados

16 JUL 2019 - 09h19min
Agência Brasil

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, disse hoje (15) que o governo vai instalar 1 mil radares para controle de velocidade nas rodovias administradas pela União. De acordo com o ministro, o número de radares faz parte de um acordo que o governo federal e o Ministério Público Federal (MPF) fecharam para reduzir de 8 mil para 2,2 mil o número de pontos a ser monitorados.

"Existe uma diretriz do presidente que estamos seguindo de facilitar a vida do cidadão", disse o ministro sobre a decisão do governo de diminuir os pontos de monitoramento. "A gente verificou tecnicamente onde são os pontos que obrigatoriamente tem que ter radar e chegamos a mil equipamentos para 2,2 mil faixas monitoradas e isso foi acordado com o Judiciário e o MPF" disse o ministro.

O contrato assinado ainda na gestão do ex-presidente Michel Temer estava orçado em R$ 1 bilhão para a instalação de 8.015 radares em cinco anos. A instalação dos novos aparelhos foi suspensa em abril, após questionamentos sobre a medida. 

O ministro disse que, em um cenário de corte de gastos no governo, não seria razoável manter o contrato como estava. "É razoável nesse cenário de orçamento você ter contrato de R$ 1 bilhão de radar?", questionou. "Não é só o radar que salva vidas, a manutenção rodoviária, a correção geométrica, a sinalização salva vidas".

De acordo com o ministro, com a revisão, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), responsável pela manutenção das estradas administradas pelo governo, deve conseguir uma economia de cerca de R$ 600 milhões.

Passagens aéreas

O ministro disse também que espera uma redução no valor das passagens aéreas a partir de setembro. De acordo com Freitas, a redução vai ocorrer a partir do aumento da oferta de voos. "O que vai acontecer é uma quantidade maior de oferta de voos e a entrada de empresas low cost, de baixo custo no país. As companhias que já operam no Brasil estão trazendo uma quantidade maior de aviões. A gente vai aumentar a oferta e isso naturalmente vai ter efeitos sobre as tarifas e a gente vai perceber isso a partir de setembro", disse.

Entre as empresas que já solicitaram autorização da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) para operar no país, a espanhola Globalia, dona da Air Europa, deve começar a voar no segundo semestre de 2020.  O ministro disse que três ou quatro empresas low cost estão em tratativas com o governo, mas que as companhias devem começar com voos internacionais, para depois oferecerem rotas domésticas no Brasil. “Temos empresas se estabelecendo no Brasil, com autorização na Anac, mas até serem operacionais há um caminho, que deve levar entre seis e oito meses”, disse.

 

Veja também

Mais Lidas

1
Anastácio

Em Anastácio, multinacional abre vagas e interessados tem até sexta para se candidatar

2
Policial

Jovem deixa moto na frente de casa, em Aquidauana, e tem veículo furtado

3
Nota de Falecimento

Jorge Kuzano morre após ser atropelado por caminhonete em Piraputanga

4
Policial

Pistoleiros executam homem enquanto comia pastel com neta de 8 anos

Vídeos

Wild Camp reúne apaixonados por Kombi neste fim de semana em Camisão

Wild Camp reúne apaixonados por Kombi neste fim de semana em Camisão

Gaeco apreende 26 armas, munições e documentos que já estão na Delegacia de Aquidauana

Ver mais Videos

Previsão do Tempo

min16 max30

Aquidauana

Dia de sol com algumas nuvens e névoa ao amanhecer. Noite com poucas nuvens.
min16 max30

Anastácio

Dia de sol com algumas nuvens e névoa ao amanhecer. Noite com poucas nuvens.

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
2,14m
Miranda
2,20m
Paraguai
3,58m

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

Quando...

Raquel Anderson

Aquidauana

Fausto Matogrosso

ATÉ QUANDO?

Ver Mais Colunas

Guia Cidade

Supermercados

Mercado e Açougue Vale Verde

Antonio João esquina com Rua dos Ferroviários, - 79200-000 Aquidauana/MS (67)
Som e Acessórios

Adil'Som (Adilson e Edimilson)

Rua Antônio João, 523 Alto - 79200-000 Aquidauana/MS 67 - 3241-5561
Médicos

Aldemir Fernandes Filho - Clinico Geral

Rua Manuel Antonio Paes de Barros, 606 Centro - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-2630
Ver Mais
508110669