A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
17 de Agosto de 2017
Anuncie Aqui
8463
Brasil

Justiça nega habeas corpus preventivo a presidente do Instituto Lula

19 SET 2016 - 18h55min
André Richter - Repórter da Agência Brasil
O desembargador João Pedro Gebran Neto negou habeas corpus protocolado pela defesa do presidente do Instituto Lula, Paulo Okamotto, para impedir abertura de uma ação penal. Na decisão, o magistrado entendeu que não é possível conceder liminar contra eventual decisão do juiz Sérgio Moro contra o acusado.
 
Na semana passada, a força tarefa de investigadores da Operação Lava Jato denunciou Okamotto pela acusação de atuar para que a empreiteira OAS pagasse o aluguel de contêineres do acervo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Segundo os procuradores, entre 2-11 e 2016 foram feitos 61 pagamentos mensais no valor de R$ 21,5 mil.
 
Caberá ao juiz Sérgio Moro, da 13ª Vara Federal em Curitiba, decidir se aceita ou rejeita a denúncia.
 
De acordo com os advogados de Okamotto, o ex-presidente não recebeu vantagens indevidas e os bens que Lula recebeu quando estava no cargo ?integram o patrimônio cultural brasileiro e são declarados de interesse público?, de acordo com a lei.

Veja também

Mais Lidas

1
Policial

Morador flagra ladrão dentro da garagem de casa

2
Geral

Três pessoas ficam feridas depois de carro sair da pista na rodovia BR-262

3
Geral

Rua cheia de buracos é alvo de protestos de moradores depois da volta da chuva

4
Aquidauana

Casa do Trabalhador de Aquidauana oferece uma vaga de emprego

Vídeos

Indígenas fecham BR-262, acesso a Taunay

3º Desafio Mountain Bike - Piraputanga MS

18 Festival de Inverno de Bonito

Ver mais Videos

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
3,30m
Miranda
2,12m
Paraguai
4,24m

Colunas e Blogs

Pedro Puttini Mendes

Imposto Territorial Rural de 2017: muda o ano, os probl...

Valdemir Gomes

Tamanduá...

Maria de Lourdes Medeiros Bruno

Aquidauana...quais caminhos percorrerá?

Ver Mais Colunas
481710470