A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
13 de dezembro de 2019
Anuncie Aqui
9194-->
Robinson L Araujo

A INTELIGÊNCIA E BELEZA DE ABIGAIL, COMPARADOS AO AMOR DE JESUS CRISTO.

O amor expressado por DEUS para com o homem, não é diferente do amor de Abigail para com sua casa. Ela se colocou entre Davi e Nabal. Jesus colocou-se entre DEUS e nós. Ela acabou por se oferecer para ser castigada pelos pecados de seu esposo ignorante.

Robinson L Araujo
22 NOV 2019 - 08h12min

A INTELIGÊNCIA E BELEZA DE ABIGAIL, COMPARADOS AO AMOR DE JESUS CRISTO.

 

Quando se adentra ao livro de I Samuel, mais precisamente no capítulo 25, é possível encontrar o registro da história que envolve a tríade: o casal (Nabal e Abigail) e um homem com sua tropa (Davi). Dentro do ocorrido, é possível observar no oculto, o que um Homem faria por amor para com a humanidade após mil anos do fato ocorrido no deserto de Maom.

Para que se possa estar inserido no contexto, vejamos o que os versos 2 e 3  afirmam:

2. Havia um homem rico em Maom, que tinha propriedades perto da região do Carmelo. Possuía três mil ovelhas e mil cabras, e era época da tosquia das ovelhas.

3. O homem se chamava Nabal; sua esposa, Abigail, era uma mulher inteligente e bonita. Mas Nabal, descendente de Calebe, era um homem rude e perverso em tudo que fazia.

Começa-se a descrição de Abigail, esposa de Nabal, uma mulher inteligente e bonita. Uma mulher que consegue chamar a atenção de um exército, principalmente de seu comandante que no momento, está furioso, espumando vingança, em virtude da dureza do coração de um homem tolo.

Davi estava com seu exército no deserto de Maom, próximo a propriedade de Nabal. Sendo assim, indiretamente acabava cuidando dos pastores e rebanho do mesmo, fato narrado pelos servos de Nabal nos versos 15 e 16. Veja:

15. Os homens de Davi foram muito bons conosco e nunca nos fizeram mal. Nada foi roubado de nós durante o tempo em que estiveram conosco no campo.

16. Na verdade, dia e noite eles foram como um muro de proteção para nós e para as ovelhas.

Como indiretamente Davi e seu exército faziam a segurança dos funcionários e animais de Nabal e de sua propriedade, quando da colheita e tosquia das ovelhas, o comandante sabendo do que estava acontecendo, verso 4: "Quando Davi soube que Nabal estava tosquiando as ovelhas", envia dez de seus homens e faz um pedido, descrito no verso oito: "Diante disso, pedimos que o senhor seja bondoso conosco, pois chegamos numa época de celebração. Por favor, reparta conosco e com seu amigo Davi o que puder dos seus mantimentos’”.

Como informado por Davi através de seus guerreiros que foram ao encontro de Nabal, durante toda a sua presença e de seu exército nas proximidades da propriedade do homem, nunca subtraíram nada para que pudessem consumir, explicito no verso 7: "Enquanto seus pastores estiveram entre nós perto do Carmelo, nunca lhes fizemos mal, e nada foi roubado deles".

Diante do pedido de Davi, passa-se a conhecer a natureza do coração de Nabal. Um homem rude e mau, descendente de Calebe (verso 3), é um homem tão mau que ninguém consegue conversar com ele (verso 17). Um homem que não possuía relacionamentos, por não conhecer uma pessoa que não pudesse se irritar ou um relacionamento que não pudesse estragar. O problema dele era que o seu mundo girava em torno de si mesmo. Ele não devia nada a ninguém e ria da idéia de dividir coisas com quem quer que fosse (LUCADO, 2019).

É necessário que se faça uma introspecção para saber o que está enraizado no coração - dentro da alma - atrapalhando os relacionamentos, como afirma Lucado (2017, p. 60):

Egoísmo, ódio e orgulho - você não precisa ir a um campo de prisioneiros de guerra para encontrá-los. Um albergue..., a sala de reunião da diretoria de uma empresa ou o quarto de um casal... Cada um por si. Agarre o que puder e guarde tudo o que agarrar. A sobrevivência dos mais aptos.

O código contamina seu mundo? Os pronomes possessivos pessoais dominam a linguagem do seu circulo social? Minha carreia, meus sonhos, minhas coisas. Quero que a coisa seja do meu jeito no meu tempo...

Esse era Nabal, um homem que pensava somente em si mesmo e em suas coisas, "meus bens". Veja os versos 10 e 11:

10. “Quem é esse tal de Davi?”, perguntou-lhes Nabal. “Quem esse filho de Jessé pensa que é? Hoje em dia, há muitos servos que fogem de seus senhores.

11. Devo pegar meu pão, minha água e a carne dos animais que abati para meus tosquiadores e entregar a um bando que vem não se sabe de onde?” (Grifo do autor).

Por vezes, os pronomes possessivos acabam por provocar: a inveja, o ódio, a desagregação entre pessoas. Não diferente da natureza humana, quando aceitou ser enganado pelo pecado, querendo pela proposta do maior inimigo do Criador, ser igual ao Dono da vida: “DEUS sabe que, no momento em que comerem do fruto, seus olhos se abrirão e, como DEUS, conhecerão o bem e o mal.” (Gênesis 3:5). Aceitando os pronomes possessivos pessoais para sua vida e afastando a todos da comunhão com DEUS - "Pois todos pecaram e não alcançam o padrão da glória de Deus". (Romanos 3:23).

Martirizado pela ignorância de Nabal, Davi marcha para destruir a casa de Nabal. Conclama quatrocentos de seus guerreiros e partem, enfurecidos, para matar todos do sexo masculino. Um desastre! Verso 13: "Peguem suas espadas!”, disse Davi, e pôs sua espada à cintura, e seus homens fizeram a mesma coisa. Quatrocentos deles partiram com Davi, enquanto duzentos ficaram para guardar a bagagem".

Avisada pelos funcionários de seu esposo, Abigail sabe da importância do momento. Aqui figurando como ultima barreira entre sua família e a morte certa. Sabiamente se antecipa e prepara um farto banquete para Davi e seu exército, como afirma o verso 18: "Sem perder tempo, Abigail providenciou duzentos pães, duas vasilhas de couro cheias de vinho, cinco ovelhas preparadas, cinco cestos de grãos tostados, cem bolos de passas e duzentos bolos de figo. Colocou tudo em jumentos".

A Palavra do Senhor afirma: "A mulher sábia edifica o lar, mas a insensata o destrói com as próprias mãos". (Provérbios 14:1). A atitude dela foi de uma mulher ousada e fadada na proteção de seu lar! Os versos de 23 a 28, diz:

23. Quando Abigail viu Davi, desceu depressa do jumento e se curvou diante de Davi com o rosto em terra.

24. Caiu a seus pés e disse: “A culpa é toda minha, meu senhor! Por favor, ouça o que sua serva tem a dizer.

25. Nabal é um homem perverso; não dê atenção ao que ele disse. Ele é um insensato, como seu nome indica. Mas eu nem sequer vi os rapazes que o senhor enviou.

26. “Agora, meu senhor, tenha certeza de que, tão certo como vive o Senhor, e tão certo como a sua própria vida, foi o Senhor que o impediu de matar e se vingar com as próprias mãos!

27. Que todos os seus inimigos e os que procuram matá-lo acabem como Nabal!
Aqui está um presente que sua serva trouxe para o senhor e seus companheiros.

28. Por favor, perdoe-me se o ofendi de algum modo. Que o Senhor lhe conceda uma dinastia duradoura, pois está lutando as batalhas do Senhor. Que Ele o livre de fazer o mal durante toda a sua vida!

É possível ver que Abigail, em momento algum, defendeu Nabal, mas acaba por concordar que ele é um verdadeiro canalha. Ela não pede justiça, mas perdão, aceitando a culpa quando não merece ser culpada de nada. Lembre-se que a beleza e a delicadeza, podem vencer a barbárie!

Davi, imediatamente muda seu comportamento diante da inteligência e beleza daquela mulher que se colocou na brecha entre a fúria de um comandante e o seu lar. Arriscou a sua própria vida! Porém, a delicadeza lhe rende conforto, como explícito nos versos 32 e 33:

32. Davi respondeu a Abigail: “Louvado seja o Senhor, Deus de Israel, que hoje a enviou ao meu encontro!

33. Graças a Deus por seu bom senso! Que você seja abençoada por me impedir de matar e me vingar com minhas próprias mãos.

O amor expressado por DEUS para com o homem, não é diferente do amor de Abigail para com sua casa. Ela se colocou entre Davi e Nabal. Jesus colocou-se entre DEUS e nós. Ela acabou por se oferecer para ser castigada pelos pecados de seu esposo ignorante. Cristo morreu pelos pecados da humanidade.

Lucado (2017) acaba por trazer a semelhança de Abigail e Jesus Cristo, quando expressa que Jesus permitiu que o céu O castigasse pelos pecados da humanidade. Abigail desviou a raiva de Davi. Cristo não serviu de proteção contra a raiva de DEUS?

Jesus se tornou o Mediador entre DEUS e os homens, conforme I Timóteo 2:3-6, que afirma:

3.  Isso é bom e agrada a Deus, nosso Salvador,

4. cujo desejo é que todos sejam salvos e conheçam a verdade.

5. Pois: Há um só Deus e um só Mediador entre Deus e a humanidade: o homem Cristo Jesus.

6. Ele deu sua vida para comprar a liberdade de todos. Essa é a mensagem que foi entregue ao mundo no momento oportuno.


Quem é o Mediador se não aquele que se coloca no meio de algum conflito? E o que Jesus fez, não foi colocar-se entre a raiva de DEUS e o nosso castigo de morte eterna? Ele interceptou a ira do céu!

Romanos 3:24, ainda nos afirma:

24. mas Ele, em sua graça, nos declara justos por meio de Cristo Jesus, que nos resgatou do castigo por nossos pecados.

25. DEUS apresentou Jesus como sacrifício pelo pecado, com o sangue que ele derramou, mostrando assim sua justiça em favor dos que creem. No passado Ele se conteve e não castigou os pecados antes cometidos,

26. pois planejava revelar Sua justiça no tempo presente. Com isso, DEUS Se mostrou justo, condenando o pecado, e Justificador, declarando justo o pecador que crê em Jesus.

Como uma personificação, por intermédio da vida de Abigail, próximo a mil anos antes do nascimento de Jesus Cristo, DEUS apresenta Seu Filho para que Ele vivesse "a vida que não poderíamos viver e levou o castigo que não poderíamos levar para oferecer a esperança a que não podemos resistir", como afirma Lucado (2017, p. 65).

É necessário que se faça a seguinte pergunta: Se DEUS nos amou, ao ponto de, como Filho se entregar para todos, não se pode amar uns aos outros? Tendo perdoado, não se pode perdoar ofensas recebidas, muitas vezes em virtude dos pronomes pessoais possessivos?

I João 4:11 afirma que: "Amados, visto que Deus tanto nos amou, certamente devemos amar uns aos outros". É possível que existam Nabal's que o ignore, o despreze, tornando o mundo em que se vive, lugar difícil de suportar? Se há, deixe de encarar a "Nabal", volte seus olhos para Jesus Cristo, olhando mais para o Mediador do que para aqueles que amam fazer intrigas.

Que Ele capacite a cada um a andar em Vida Plena!

 

Referências

LUCADO, Max. DERRUBANDO GOLIAS. Rio de Janeiro: Thomaz Nelson Brasil, 2017.

Bíblia NOVA TRADUÇÃO TRANSFORMADORA. Disponível em: . Acessado em 15 nov. 2019.

 

http://www.vivendoemvidaplena.teo.br

 

 Pastor - e-mail: robinson.luis@bol.com.br

 

Veja também

Mais Lidas

1
Miranda

Ambulância com dois pacientes e equipe médica capota na BR-262

2
Aquidauana

Morre em Aquidauana, policial aposentado Elias Soares

3
Aquidauana

Desaparecida há seis anos, mãe ainda tem esperança de encontrar filha

4
Anastácio

Comprou moto por R$ 1.500 de ‘Manezinho’ e foi preso por receptação em Anastácio

Vídeos

Motorista de caminhão afirma que fazia conversão à direita quando motociclista tentou ultrapassá-lo

Pra onde vão nossas crianças?

Veja vídeo: Capivara invade clínica e é flagrada tomando banho em piscina

Ver mais Videos

Previsão do Tempo

min21 max31

Aquidauana

Sol com muitas nuvens durante o dia. Períodos de nublado, com chuva a qualquer hora.
min21 max31

Anastácio

Sol com muitas nuvens durante o dia. Períodos de nublado, com chuva a qualquer hora.

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
3,67m
Miranda
5,26m
Paraguai
1,00m

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

Como...

Raquel Anderson

Domingo pantaneiro!

Maria de Lourdes Medeiros Bruno

“CULTURA NÃO É PARA PRINCIPIANTE!”

Ver Mais Colunas

Guia Cidade

Fotografias - LAB.

Foto Monteiro

Rua Augusto Mascarenhas, 642 Centro - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-7058
Farmácias e Drogarias

Drogaria da Duque

Rua Duque de Caxias, 1925 - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241 3340
Telefones Úteis

Policia Civil - Delegacia Regional - DRPA

Luís da Costa Gomes, 555 Cidade Nova - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241- 8203
Ver Mais
514010675