14 de agosto de 2020
Anuncie Aqui
-->
Raquel Anderson

Domingo pantaneiro!

Raquel Anderson
1 DEZ 2019 - 15h43min
A brasa do fogão à lenha não estava morta
Brasa de lenha de angico é feito brasa da gente, teima em não apagar, têm tição, uma quentura que queima, um vermelhão pronto para reacender, basta um estímulo, um sopro, um gesto, uma abanada, como é o aceno, permissivo, convidativo, faz nascer labareda libidinosa.
Domingo pantaneiro é diferente de tudo que existe, tudo é mais silente, tudo é reverenciado, respeitado, os rituais são extremamente alterados...
A natureza, em comunhão com homens, mulheres e crianças, homens, mulheres e crianças em comunhão com a natuteza tornam-se mais contemplativos, ainda mais calmos e a palavra santuário faz jus e faz verdadeiro sentido ao dia de domingo.
No sapicuá amassadinho, no fundo do baú, estavam guardadas, como jóias, as pilhas da vitrolinha, presente da patroa.
Rituais específicos do dia de domingo são realizados com muitas delicadezas no cenário pantaneiro. Maria Rute só têm três discos de vinil, que são economizados, pois,  há domingo em que ela só ouve um disco, para economizar pilhas, canções e memórias.
A escassez nos faz valorizarmos o muito que há no pouco, a escassez é reinventiva, criativa, propõe sonhos, pausas, pensamentos...
Maria Rute preparou-se para ouvir Jogo de Damas, de Roberto Carlos:
"Eu sei da sua vida e do seu passado
De um tempo perdido, irrecuperado
Eu sei da poeira
De todos os seus passos
Das suas trapaças, dos seus abraços.
Eu sei da sua fama e dos seus amores
Das suas proezas,
Dos seus dissabores
Da cor da sua roupa,
Do seu pouco valor
Você nessa vida foi só desamor
Dama, hoje alguém que te engana
Te veste de santa
Não sabe porque
Te pisam, te xingam
Ignoram a mulher
Não sabem que a dama
Existiu outro dia
Hoje a dama não passa
De pedra perdida
Hoje é pedra perdida
De um jogo qualquer."
Maria Rute saboreia as palavras, a música, mastiga os sentimentos, rumina as sensações, regurgita as decepções...
O sabiá-laranjeira atravessou a canção, pousou no arvoredo e cagou, uma bostinha branca, molhadinha,na "pedra perdida de um jogo qualquer", bem no final da canção...
Maria Rute riu, como riem as mulheres, muitas vezes, com seus sofrimentos, angústias e silênciso eloquentes...
A brasa está viva, no fogão, no tesão, no peito de quem sabe degustar emoções.
 

Veja também

Mais Lidas

1
Anastácio

Terezinha de Jesus Arruda morre aos 63 anos em Anastácio

2
Aquidauana

Idoso morador do Cidade Nova é nova vítima do coronavírus em Aquidauana

3
Policial

Homem matou desafeto em Bodoquena após receber ameaças de morte

4
Aquidauana

Moradores do Serraria e região denunciam matança de animais domésticos

Vídeos

Cães encontram droga escondida em estofado de veículo

Morador de Taunay encontra jaguatirica morta às margens da BR-262

Bombeiros de Aquidauana estão na operação para controle de grande incêndio no Pantanal

Ver mais Videos

Previsão do Tempo

min21 max37

Aquidauana

Sol com algumas nuvens. Não chove.
min21 max37

Anastácio

Sol com algumas nuvens. Não chove.

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
2,15m
Miranda
1,74m
Paraguai
1,52m

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

Como...

Maria de Lourdes Medeiros Bruno

"A VOLTA AO NATURAL"

Giovani José da Silva

HISTÓRIAS DE ADMIRAR: LUGAR DE CALA (A BOCA)

Ver Mais Colunas

Guia Cidade

Restaurantes

Restaurante Fogão Caipira

Bichara Salamene, 47 Aquidauana/MS 67 999359420 https://www.facebook.com/fogao.caipira.547
Escolas Municipais

Escola Municipal Visconde de Taunay

, Distrito de Taunay - 79200-000 Aquidauana/MS (67)
Escolas Estaduais

Escola Estadual Marechal Deodoro da Fonseca

, - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241 4012
Ver Mais