A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
17 de Outubro de 2017
Anuncie Aqui
8502
Dr. Vitor Maksoud

É preciso saber (Medicina - III)

CRIPTOCOCOSE Descrição: Micose profunda sistêmica, que se apresenta, frequentemente, como uma meningite subaguda ou crônica. A pele pode estar envolvida com manifestações de lesões acneiformes, ulcerações ou massas subcutâneas que parecem tumores....

dothCom Consultoria Digital
6 JUN 2011 - 00h00min

CRIPTOCOCOSE

Descrição: Micose profunda sistêmica, que se apresenta, frequentemente, como uma meningite subaguda ou crônica.

A pele pode estar envolvida com manifestações de lesões acneiformes, ulcerações ou massas subcutâneas que parecem tumores.

Pode haver comprometimento ocular, pulmonar, ósseo é, as vêzes, da próstata.Agente etiológico: um fungo, o Criptococo neoformans, nas variedades neoformas e gatti.

A primeira variedade está, em geral, vinculada à imunodeficiência e é de ocorrência universal; a segunda ocorre com mais freqüência em países tropicais. Reservatório: É um fungo saprófita que vive em solo e nas árvores e é isolado nos excrementos dos pombos.Modo de Transmissão: Inalação.Período de Incubação: Desconhecido. O comprometimento pulmonar pode anteceder, em anos, ao acometimento cerebral.Período de Transmissibilidade: Não há transmissão homem a homem nem de animais ao homem.Complicações: a meningite por criptococo, pode levar à morte, se não tratada a tempo.

Aproximadamente de 5% a 10% dos pacientes com AIDS são acometidos por essa micose.Diagnóstico: É clinico e se confirma com a evidenciação do criptococo através do uso de " TINTA DA CHINA" (NANKIN), que torna visíveis formas emcapsuladas e em gemulação.

O Criptococo pode ser isolado na urina e no pús.Diagnostico Diferencial: Toxoplasmose, Tuberculose, Meningoencefalites, Sífilis, Sarcoidose, Histoplasmose e Linfomas.Tratamento: O Fluconazol é uma alternativa, na dose de 200 a 400 mg/dia, VO, por aproximadamente por 6 semanas.

Anfotericina B, na dose de 0,3 mg/kg, IV, durante 6 semanas, com todos os cuidados que envolvem este medicamento Características Epidemiológicas: Doença Cosmopolita, de ocorrência esporádica. Acomete adultos e é mais freqüente duas vezes a mais no sexo masculino. A infecção pode ocorer em animais (gatos, cavalos e vacas).Vigilância Epidemiológica:

Notificação: Não é doença de notificação conpulsória.Medidas de Controle: Fazer a umidificação dos locais onde há acúmulo de fezes de pombos, para evitar que o fungo se disperse por aerosol.

Não há necessidade de notificação e de isolamento dos doentes.

As medidas de desinfecção de secreção e fômites devem ser as de uso hospitalar rotineiro.

Aquidauana, 30 de Julho de 2007

Vitor Maksoud Médico
CRM / MS 61

Referencia: Doenças Infecciosas e Parasitárias

Veja também

Mais Lidas

1
Aquidauana

Briga de casal termina com dois esfaqueados no Nova Aquidauana

2
Aquidauana

Maratonista que morreu após queda pode ter sofrido crise epilética

3
Geral

Acidente frontal mata 3 na MS-157 e pode ter ocorrido durante ultrapassagem

4
Aquidauana

Casa do Trabalhador de Aquidauana oferece duas vagas de emprego nesta segunda-feira

Vídeos

4ª Marcha pela Vida - Aquidauana MS

Fiações rompidas são recuperadas e motoristas ‘fora do padrão’ podem ser responsabilizados

Moradores de Anastácio flagram óleo descendo para Rio Aquidauana

Ver mais Videos

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
2,87m
Miranda
2,28m
Paraguai
2,41m

Colunas e Blogs

Pedro Puttini Mendes

Aquidauana: "meio" ambiente ou um ambiente inteiro?

Maria de Lourdes Medeiros Bruno

Professor: Faça Voar o Cisne Que Há em Você!

Rosildo Barcellos

A Abjeção do Opróbrio

Ver Mais Colunas
498110622