A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
05 de abril de 2020
Anuncie Aqui
-->
Economia

Consumidores e comerciantes reclamam do preço do tomate

7 ABR 2013 - 12h30min
Agência Brasil
"Um quilo de tomate a quase R$ 10 é um absurdo", critica a doméstica Selma Santos Gonçalves, que trabalha em uma casa no bairro do Humaitá, zona sul do Rio. Ela disse que para quem cozinha e quer botar na mesa uma salada todo dia fica muito caro. "Eu vejo quanto a minha patroa gasta para comprar. Estou vendo que também a alface está com o preço salgadinho", comentou. Segundo Selma, o jeito é mudar o cardápio. "Muda sim. Tem que mudar por causa o preço. Se não dá para uma coisa, a gente tem que trocar e colocar outra que está mais em conta", aconselhou.
 
Adriano Casares Gomes começou a trabalhar como feirante em 1960 e a mulher dele, Lucília Souza Gomes, três anos depois, sempre vendendo tomates em feiras livres nos bairros do Lins de Vasconcelos, do Engenho de Dentro e da Penha, todos no subúrbio do Rio. O casal de portugueses da região de Trás-os-Montes disse que nunca viu o produto com o preço tão alto."Bateu o recorde. Todo ano, nesta época, o produto sobe, mas este ano foi demais, ultrapassou o limite", completou Adriano.
 
Lucília tem 80 anos e diz que os dois são os feirantes mais antigos. Ela lembrou que o casal ainda tem outros custos, como a compra dos saquinhos para o consumidor levar os tomates e o aluguel do tabuleiro para expor o produto na feira. Eles disseram que compram o produto na Central de Abastecimento (Ceasa), em Irajá, onde chegaram a pagar R$ 160 pela caixa do tomate. Na avaliação deles, para os fregueses comprarem com preço mais baixo, teriam que encontrar a caixa por no máximo R$ 60. "Nesta semana baixou um pouco e chegou a ficar em R$ 100. Se chegar a R$ 60 a gente consegue vender a R$ 5", contou Adriano, que estava vendendo o quilo do produto por R$ 8 nesta sexta-feira (5), no Lins de Vasconcelos.
 
Na zona sul do Rio, Carlos Antônio Soares trabalha em uma mercearia dentro da Companhia Brasileira de Alimentos (Cobal) de Botafogo e também sofre com a alta do preço do produto. Lá, o quilo do tomate chegou a quase R$ 11. "O pessoal reclama muito e diminui a quantidade devido ao preço. Quem comprava dois quilos compra meio quilo, mas já começou baixar", disse Soares, que estava vendendo o quilo a R$ 9,80.
 
Para o economista do Instituto Brasileiro de Economia (Ibre) da Fundação Getulio Vargas (FGV), André Braz, o preço do tomate, que sofreu aumento de 150% nos últimos 12 meses deve começar a cair em abril. "O pico de preço foi em janeiro. A perspectiva é de queda do preço do produto nos próximos meses." Braz disse que por causa de outros fatores, como o aumento do custo da mão de obra e do diesel, o consumidor ainda vai encontrar o produto com preços elevados, mas perceberá uma queda em relação aos registrados entre janeiro e março. "A alta em janeiro, fevereiro e março é natural por que tem o período de entressafra de vários protudos, mas a do tomate é marcante."
 
O economista destacou que em 2010 e 2011 o produtor não teve um bom retorno com o tomate e o reflexo foi a redução da área plantada, que contribuiu para a elevação do preço no início de 2013. "A redução da área plantada foi notada especialmente em 2012, que teve a área inferior a de 2011", completou.
 
Na avaliação de André Braz, este foi um fenômero nacional. "Praticamente todas as cidades sofreram com a falta do produto. No Nordeste a alta ficou em 30%, na mesma dimensão de 2011", explicou. 
 

Veja também

Mais Lidas

1
Aquidauana

Ex tinha histórico de homicídio e ameaçou dar um tiro na vítima após separação

2
Policial

Salão no bairro Alto era ponto de venda e consumo de drogas em Aquidauana

3
Policial

Concluída a implantação das 13 barreiras sanitárias nas divisas

4
Policial

Traficante morre depois de capotar carro com 200 quilos de maconha em MS

Vídeos

PM grava vídeo na língua terena para orientar indígenas sobre prevenção ao coronavírus

Lideranças de Taunay fecham o acesso ao distrito para quem não é morador

Dona Izabel confere as novidades nas vitrines tranquilamento no 1º dia de quarentena na cidade

Ver mais Videos

Previsão do Tempo

min23 max34

Aquidauana

Sol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde. À noite o tempo fica aberto.
min23 max34

Anastácio

Sol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde. À noite o tempo fica aberto.

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
2,73m
Miranda
2,95m
Paraguai
1,72m

Colunas e Blogs

Raquel Anderson

Diário de um tempo de Pandemia III

Maria de Lourdes Medeiros Bruno

"ALVOROÇO DE FESTA NO CÉU"

Valdemir Gomes

DEscrevo...

Ver Mais Colunas

Guia Cidade

Comitiva - Comida Regional

Comitiva Shalom

Av. Pataneta (junto ao Paint Ball), Alto - 79200-000 Aquidauana/MS 3241-8579 / 99943-46 http://Comida de Comitiva estará em funcionamento de quarta-feira a domingo
Farmácias e Drogarias

Farmaláis

Rua Estevão Alves Corrêa, 2431 Centro - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-7439
Lojas de Souvenirs

CASA DO ARTESÃO

Praça dos Estudantes, s/n Centro - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 96012585 (Louri
Ver Mais