A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
15 de outubro de 2019
Anuncie Aqui
9032-->
Economia

Grupo chinês investirá US$ 320 milhões para implementar fábrica no Brasil

Bbca Group implantará unidade de processamento de milho em Maracaju

16 ABR 2013 - 16h00min
EFE
Pequim, 16 abr (EFE).-O governador do Mato Grosso do Sul, André Puccinelli, e a empresa estatal chinesa BBCA Group assinaram nesta terça-feira uma carta de intenção para a implantação de uma unidade de processamento de milho em Maracaju, um acordo que deverá contar com um investimento de US$ 320 milhões.
 
Em uma entrevista coletiva realizada em Pequim, Puccinelli assegurou que se trata do maior projeto já desenvolvido em parceria com a potência asiática até agora nesta região, o qual foi definido após três anos de negociações, 'principalmente em nível legislativo'.
 
O acordo assinado pelo governador do MS e pelo prefeito de Maracaju, Maurílio Azambuja, com o diretor presidente do BBCA Group, Li Roger Jie, prevê uma parceria entre a empresa, o governo do Estado e a prefeitura. A expectativa é que a implantação da fábrica seja iniciada em 2013 e que, a partir de 2015, já esteja operando.
 
Segundo o governador do Mato Grosso do Sul, o BBCA Group, empresa especializada na produção de bioquímicos, se compromete a processar cerca de 600 mil toneladas de milho, sendo que 60% será destinado ao mercado chinês e 40% ao consumo interno.
 
'Trata-se de um acordo benéfico para ambas as partes', explicou Puccinelli, que ressaltou que seu estado dispõe de matéria-prima, mas ainda carece da infraestrutura necessária para explorá-la. Além de negar as criticas em torno do projeto, o governador também enfatizou que o acordo deverá impulsionar o desenvolvimento da região, já que a fábrica deverá empregar 400 funcionários.
 
Segundo Puccinelli, o preço do produto final que sai dos portos brasileiros e são consumidos na Europa será 20% mais barato do que o mesmo produzido na Tailândia, onde o BBCA também possui unidades de processamento de milho.
 
Neste aspecto, Puccinelli argumentou que a vantagem comparativa brasileira se deve às políticas fiscais do estado, e destacou que o Mato Grosso do Sul, em particular a Prefeitura de Maracaju, tem uma produção anual de 6 milhões de toneladas de milho.
 
De um modo geral, os investimentos atuais da China na região se centram na industrialização das matérias-primas, especialmente do milho, como é este caso, para produzir glicose, óleo de milho e ácido cítrico, uma especialidade do BBCA Group.
 
O acordo assinado com a empresa asiática vem à tona pouco tempo depois do Brasil ter superado pela primeira vez os Estados Unidos como principal exportador de milho mundial.
 

Veja também

Mais Lidas

1
Miranda

Vídeo: Pescador salva onça que ficou presa em anzol de galho no rio Miranda

2
Policial

Polícia procura homem que matou três em fazenda do Pantanal de MS

3
Aquidauana

Senhor de 55 anos que sofria de problemas cardíacos é encontrado morto em casa

4
Policial

Corpos de trabalhadores mortos em fazenda são levados para Guia Lopes

Vídeos

Bolivianos que levavam 15,9 quilos de cocaína em veículo são presos em Miranda

Eleição de Miranda

Empresário de 31 anos pesca Surubim de mais de 40 kg no Rio Miranda

Ver mais Videos

Previsão do Tempo

min22 max30

Aquidauana

Sol com algumas nuvens. Chove rápido durante o dia e à noite.
min22 max30

Anastácio

Sol com algumas nuvens. Chove rápido durante o dia e à noite.

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
2,33m
Miranda
1,70m
Paraguai
1,84m

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

Preciso...

Giovani José da Silva

HISTÓRIAS DE ADMIRAR: SER PROFESSOR (2)

Raquel Anderson

Divisionismo!

Ver Mais Colunas

Guia Cidade

Fotografias - LAB.

Foto Monteiro

Rua Augusto Mascarenhas, 642 Centro - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-7058
Auto Elétrica/Oficinas

Auto elétrica Mato Grosso

Duque de Caxias, 953 - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-2179
Telefones Úteis

Procon- Casa da Cidadania

Praça Afonso Pena, - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241 5650
Ver Mais
508110741