A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
23 de outubro de 2019
Anuncie Aqui
9028-->
Economia

Indústrias aumentam produção, mas atividade segue estável na maioria das empresas de MS

25 JUN 2019 - 10h47min
Fiems

No mês de maio, 58,6% das empresas industriais sul-mato-grossenses apresentaram estabilidade na produção, enquanto no mês anterior esse resultado era de 58,9%, de acordo com a Sondagem Industrial realizada pelo Radar Industrial da Fiems junto a 70 empresas no período de 3 a 12 de junho. Já as empresas que apresentaram expansão responderam por 22,8% do total, contra 12,4% no último levantamento, indicando uma melhora no ritmo da atividade industrial na passagem entre os meses de abril e maio.

O coordenador da Unidade de Economia, Estudos e Pesquisas da Fiems, Ezequiel Resende, explica que diminuiu a ociosidade média da indústria estadual na passagem de abril para maio. “Em maio, a ociosidade média na indústria sul-mato-grossense ficou em 28%, contra 32% no mês anterior, enquanto o índice de utilização fechou o mês em 44,6 pontos, ficando três pontos acima do último levantamento”, relatou.

No entanto, o economista ressalta que resultados abaixo dos 50 pontos sinalizam que a utilização da capacidade instalada ainda continua inferior ao que era esperado para o período. “Conforme a Sondagem Industrial, em maio a utilização da capacidade instalada ficou abaixo do usual para 35,7% dos respondentes, igual ao usual para 51,4% e acima para 10%”, ressaltou.

Expectativas

Com relação ao índice de expectativa do empresário industrial, Ezequiel Resende detalha que, em junho, 37,1% das empresas responderam que esperam aumento na demanda por seus produtos nos próximos seis meses, enquanto, para o mesmo período, 15,7% preveem queda. “Já as empresas que acreditam que o nível de demanda se manterá estável responderam por 47,1% do total”, informou Ezequiel Resende.

Já sobre o número de empregados 14,3% das empresas responderam que esperam aumentar o número de funcionários nos próximos seis meses, enquanto 7,1% apontaram que esse número deve cair. “Além disso, as empresas que esperam manter o quadro de funcionários estável responderam por 78,6%”, ressaltou.

O coordenador da Unidade de Economia, Estudos e Pesquisas da Fiems pontua que, em relação às exportações, 7,1% das empresas respondentes disseram esperar aumento na venda dos seus produtos para o exterior nos próximos seis meses, enquanto 4,3% acreditam que deva ocorrer queda. “Já as empresas que preveem estabilidade para suas exportações responderam por 15,7% do total. Por fim, 71,4% das empresas disseram que não exportam”, afirmou.

Sobre a intenção de investimento do empresário industrial, o índice de intenção de investimento do empresário industrial ficou em 54,9 pontos em junho contra 54,6 pontos no mês anterior. “Mesmo com a relativa estabilidade houve significativa melhora na participação das empresas que provavelmente investirão nos próximos seis meses, que subiu de 43,8% para 52,9% do total.  Vale destacar também a redução ocorrida na participação das empresas que disseram que não deverão investir nesse período, que saiu de 38,4% para 34,3%”, informou Ezequiel Resende.

ICEI

O Índice de Confiança do Empresário Industrial de Mato Grosso do Sul (ICEI/MS) alcançou em junho 59,7 pontos, indicando um recuo de 0,6 pontos, quando comparado com o mês anterior. “Registrando, deste modo, a quinta queda consecutiva após um período de forte alta acumulada entre os meses de outubro de 2018 e janeiro de 2019. Porém, mesmo com as reduções observadas, o atual resultado encontra-se 6,5 pontos acima do registrado em junho do ano passado e 6,3 pontos acima da média histórica registrada para o mês”, detalhou o economista.

Em junho, 22,9% dos respondentes consideraram que as condições atuais da economia brasileira pioraram, no caso da economia estadual, a piora foi apontada por 21,4% dos participantes e, com relação à própria empresa, as condições atuais também estão piores para 18,6% dos respondentes. Além disso, para 48,6% dos empresários não houve alteração nas condições atuais da economia brasileira, sendo que em relação à economia sul-mato-grossense esse percentual foi de 51,4% e, a respeito da própria empresa, o número chegou a 54,3%.  

Além disso, para 20% dos empresários as condições atuais da economia brasileira melhoraram, enquanto em relação à economia estadual esse percentual chegou a 18,6% e, no caso da própria empresa, o resultado também foi de 18,6%. Já os que não fizeram qualquer tipo de avaliação das condições atuais da economia brasileira, estadual e do desempenho da própria empresa responderam igualmente por 8,6%.

Expectativas para os próximos seis meses

Em junho, 8,6% dos respondentes disseram que estão pessimistas em relação à economia brasileira. Em relação à economia estadual, o resultado alcançou 11,5% e, quanto ao desempenho da própria empresa, o pessimismo foi apontado por 4,3% dos empresários. 

Os que acreditam que a economia brasileira deve permanecer na mesma situação ficou em 28,6%, sendo que em relação à economia do estado esse percentual alcançou 31,4% e, a respeito da própria empresa, o número chegou a 34,3%.  Por fim, 58,6% dos empresários se mostraram confiantes e acreditam que o desempenho da economia brasileira vai melhorar.  

Já em relação à economia estadual, esse percentual chegou a 52,9% e, no caso da própria empresa, 57,1% dos respondentes confiam numa melhora do desempenho apresentado. Os que não fizeram qualquer tipo de avaliação das expectativas em relação à economia brasileira, estadual e do desempenho da própria empresa responderam igualmente por 4,3%. 

 

Veja também

Mais Lidas

1
Anastácio

Em Anastácio, PMA prende mecânico com 14kg de pintado e rede de pesca proibida

2
Entretenimento

Lucimar Lescano vai procurar no Mercadão lembrança típica de MS para entregar à Renata e ao Bonner

3
Geral

Após três dias, buscas por peão desaparecido em fazenda são encerradas

4
Charges

LUTO

Vídeos

Bolivianos que levavam 15,9 quilos de cocaína em veículo são presos em Miranda

Eleição de Miranda

Empresário de 31 anos pesca Surubim de mais de 40 kg no Rio Miranda

Ver mais Videos

Previsão do Tempo

min17 max34

Aquidauana

Sol com algumas nuvens. Não chove.
min17 max34

Anastácio

Sol com algumas nuvens. Não chove.

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
2,76m
Miranda
1,74m
Paraguai
1,62m

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

O...

Giovani José da Silva

HISTÓRIAS DE ADMIRAR: AINDA SOBRE SER PROFESSOR

Raquel Anderson

Porque é domingo!

Ver Mais Colunas

Guia Cidade

Auto Posto

POSTO JC

Estevão Alves Correa, 901 - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241 3426
Auto Elétrica/Oficinas

Centro Automotivo Globo

Rua Theodoro Rondon, 347 Centro - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-4357
Bares/Panificadoras/Lanchonetes

Doce Sabor Lanchonete

Rua 7 de Setembro, Centro - 79200-000 Aquidauana/MS (67)
Ver Mais
508110642