A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
07 de julho de 2020
Anuncie Aqui
-->
Economia

Orçamento do governo para 2014 prevê salário mínimo de R$ 719,48

Documento, que ainda precisa de aprovação do Congresso, indica PIB de 4,5% e inflação também em 4,5% no próximo ano

15 ABR 2013 - 15h25min
Estadão
O PLDO (Projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias) para 2014 indica crescimento real de 4,5% do PIB e também 4,5% para o IPCA. O documento indica taxa Selic de 7,25% em dezembro de 2014. Para o salário mínimo, a previsão é de R$ 719,48.
 
O PLDO ainda traz previsão de crescimento real de 3,5% para o PIB neste ano. Em 2015, a estimativa é de 5% de alta e, para 2016, foi fixada previsão de 4,5% de elevação para o PIB.
 
Ainda para 2013, a estimativa é que o IPCA fique em 5,20%, passando para o centro da meta de 4,5% nos próximos três anos. A taxa Selic apresentada é de 7,25% em dezembro deste ano. A previsão para a dívida líquida do setor público é de 33,4% do PIB neste ano. Já para o ano que vem, a previsão para a dívida líquida alcança é de 30,9% do PIB.
 
O projeto, que ainda precisa ser aprovado pelo Congresso Nacional, apresenta uma estimativa do IGP-DI acumulado de 5%. A taxa de câmbio média indicada no mesmo documento é de R$ 2,04. Para a massa salarial média, a indicação é que seja 12,34% maior em 2014 ante 2013.
 
Meta fiscal. Para evitar o que ocorreu nos últimos anos, quando o governo teve que fazer um esforço fiscal maior para cobrir a meta de superávit de Estados e Municípios, o projeto do orçamento de 2014 tira a obrigação legal do governo federal de compensar os resultados dos entes da federação.
 
O documento indica meta de superávit primário de 3,10% do PIB (ou R$ 167,4 bilhões) para o próximo ano.
 
Desse total, o governo central (Tesouro, Banco Central e Previdência) ficará responsável por uma economia de R$ 116,1 bilhões, ou seja, 2,15% do PIB.
 
Estados e Municípios terão que fazer um superávit de R$ 51,2 bilhões, o que equivale a 0,95% do PIB. O governo estabeleceu que pode ser abatido da meta até R$ 67 bilhões com gastos com o PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) e com desonerações tributárias.
 
A meta nominal de superávit é de R$ 167,4 bilhões. O PLDO prevê ainda abatimento do PAC e desoneração de até R$ 67 bilhões.
 

Veja também

Mais Lidas

1
Aquidauana

Câmera flagra onça se alimentando de bezerro em fazenda de Aquidauana

2
Aquidauana

Cachorro atravessa rua e provoca acidente com moto em Aquidauana

3
Aquidauana

Aquidauana tem 42 casos suspeitos e pacientes aguardam exames

4
Aquidauana

Drive Thru foi a maneira encontrada para comemorar os 68 da dona Edna

Vídeos

Cães encontram droga escondida em estofado de veículo

Morador de Taunay encontra jaguatirica morta às margens da BR-262

Bombeiros de Aquidauana estão na operação para controle de grande incêndio no Pantanal

Ver mais Videos

Previsão do Tempo

min18 max34

Aquidauana

Sol com algumas nuvens. Não chove.
min18 max34

Anastácio

Sol com algumas nuvens. Não chove.

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
2,49m
Miranda
2,97m
Paraguai
1,93m

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

Até...

Maria de Lourdes Medeiros Bruno

"ACABOU-SE AGORA..."

Robinson L Araujo

A VIVÊNCIA FAMILIAR EM TEMPOS DE QUARENTENA

Ver Mais Colunas

Guia Cidade

Pousadas

Pousada dos Monteiros

Nhecolândia acesso pela Estrada do Taboco, - 79200-000 Aquidauana/MS (55) (67) 3324-8237/ www.pousadadosmonteiros.com.br
Médicos

Rute C. Noguchi - Dermatologista

Rua Marechal Mallet, 567 Centro - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-3114
Telefones Úteis

Polícia Rodoviária Federal - Centro de Treinamento do Centro-Oeste

Rua 7 de setembro, 940 - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-7485/3241-
Ver Mais