A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
17 de Agosto de 2017
Anuncie Aqui
8463
Economia

País fecha quase 40 mil vagas formais em agosto, mas desemprego desacelera

23 SET 2016 - 17h41min
Agência Brasil
Em agosto, 33.953 vagas formais foram fechadas no país, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgados hoje (23) pelo Ministério do Trabalho. Trata-se do 17° resultado negativo consecutivo. No entanto, a queda no emprego desacelerou na comparação com agosto de 2015, quando foram fechados 86.543 postos formais, 64,5% a mais do que no mês passado.
 
No acumulado do ano, o Caged contabiliza 651.288 vagas fechadas. O resultado é o pior para o período desde o início da série histórica, em 2002.
 
Os setores que tiveram as maiores perdas de vagas formais foram construção civil (-22.113 postos), agricultura (-15.436) e serviços (-3.014 postos).
 
Indústria da transformação
 
Segundo a pesquisa, três setores da atividade econômica tiveram saldo positivo de geração de postos de trabalho em agosto. São eles a indústria da transformação, com criação de 6.294 vagas; o comércio, com 888 novos postos, e o setor de extração mineral, com 366 vagas.
 
As perdas mais significativas de vagas foram registradas no Rio de Janeiro (-28.321 vagas), em Minas Gerais (-13.121) e no Espírito Santo (-4.862).
 
Por outro lado, o emprego formal teve resultado positivo em 13 estados brasileiros, entre eles Pernambuco (9.035 novas vagas), Paraíba (5.905), Alagoas (4.099) e Santa Catarina (3.014).

Veja também

Mais Lidas

1
Policial

Morador flagra ladrão dentro da garagem de casa

2
Geral

Três pessoas ficam feridas depois de carro sair da pista na rodovia BR-262

3
Geral

Rua cheia de buracos é alvo de protestos de moradores depois da volta da chuva

4
Aquidauana

Casa do Trabalhador de Aquidauana oferece uma vaga de emprego

Vídeos

Indígenas fecham BR-262, acesso a Taunay

3º Desafio Mountain Bike - Piraputanga MS

18 Festival de Inverno de Bonito

Ver mais Videos

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
3,30m
Miranda
2,12m
Paraguai
4,24m

Colunas e Blogs

Pedro Puttini Mendes

Imposto Territorial Rural de 2017: muda o ano, os probl...

Valdemir Gomes

Tamanduá...

Maria de Lourdes Medeiros Bruno

Aquidauana...quais caminhos percorrerá?

Ver Mais Colunas
481710656