A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
16 de Agosto de 2017
Anuncie Aqui
8463
Rede estadual

Em assembleia geral, professores do Estado decidem sobre proposta salarial hoje na Capital

Depois das reuniões realizadas nos municípios, Fetems recebe representantes dos sindicatos municipais na Capital nesta quarta-feira

25 JUL 2017 - 15h02min
Da redação

A Fetems (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul) realiza uma  assembleia geral  nesta quarta-feira (26), às 14h, na sede da entidade em Campo Grande. O objetivo é deliberar se a categoria aceita ou não a proposta de reajuste salarial apresentada pelo governo do Estado para a categoria. Em Aquiduana, as trabalhadoras e trabalhadores das escolas da rede estadual já deliberaram pela greve. De acordo com o presidente do Simted em Aquidauana, Florênio Escobar, conforme o resultado da assembleia na Capital, a greve segue em todo o Estado a partir de quinta-feira (27), por tempo indeterminado. Amanhã (26), os alunos das escolas do Estado no município ficam sem aula.

De acordo com a Fetems, reunião na Capital contará com a presença dos delegados de cada município, representantes dos 74 Sinted (Sindicatos Municipais dos Trabalhadores em Educação), vice-presidentes das 14 regionais e delegados de base da CNTE (Confederação Nacional  dos Trabalhadores em Educação).

A categoria cobra o cumprimento da Lei Federal  11.738/2008, que determina o reajuste de 7,64% nos salários, e da lei complementar estadual nº 200 de 13 de julho de 2015. Essa última legislação integraliza o piso por 20 horas até o ano de 2021.

Já foi definido com o governo do Estado:
- O governo garante o pagamento do reajuste de 7,64% em 2017;
- Mantém a convocação da mesma forma que no primeiro semestre;
- Não haverá alteração no Estatuto da categoria.   

 Foi estabelecido ainda a criação de uma Comissão para debater aspectos ligados aos funcionários administrativos em educação.   

“A decisão final sobre a proposta do governo é da categoria, que estará reunida na plenária da assembleia geral. Os(as) delegados(as) representando cada município  é que votarão se aceitam ou não a proposta do governo do estado em relação ao reajuste salarial”, ressalta o presidente da Fetems, professor Jaime Teixeira.            

Veja também

Mais Lidas

1
Anastácio

Travestis de moto derrubam e roubam homem em Anastácio

2
Aquidauana

Governador Reinaldo e prefeito Odilon acompanham juntos desfile

3
Aquidauana

Homem embriagado é preso depois de tentar matar filha com faca

4
Aquidauana

Indígenas prometem realizar novos protestos nesta quarta-feira

Vídeos

Indígenas fecham BR-262, acesso a Taunay

3º Desafio Mountain Bike - Piraputanga MS

18 Festival de Inverno de Bonito

Ver mais Videos

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
2,57m
Miranda
2,16m
Paraguai
4,32m

Colunas e Blogs

Pedro Puttini Mendes

Imposto Territorial Rural de 2017: muda o ano, os probl...

Valdemir Gomes

Tamanduá...

Maria de Lourdes Medeiros Bruno

Aquidauana...quais caminhos percorrerá?

Ver Mais Colunas
481710640