A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
15 de dezembro de 2018
Anuncie Aqui
Esportes

Aos 76 anos, Zagallo anuncia aposentadoria

24 SET 2007 - 16h11min
terra

Mario Jorge Lobo Zagallo, 76 anos, admitiu que chegou a hora da aposentadoria. Vencedor de quatro dos cinco títulos mundiais do Brasil, o ex-técnico da Seleção Brasileira vai acompanhar o futebol apenas como "torcedor".


"Estou aposentado. Não pretendo voltar a ser treinador de clube ou seleção. Quase não estou vendo futebol", disse o ex-jogador, 13 meses após deixar o cargo de coordenador técnico da Seleção Brasileira.


"Não pedi para sair. Se me perguntassem se eu queria continuar, continuaria. Ainda tenho condições. Mas todo mundo sabe que sempre que se perde uma Copa há mudanças na comissão técnica e eu não seria uma exceção", explicou.


O cargo de coordenador técnico foi o seu último vinculado ao futebol. Ao receber a notícia, Zagallo disse que não pretendia se aposentar e que esperava o convite de alguma equipe para se manter no futebol.


Mas agora, após uma operação na qual lhe retiraram parte do estômago, o duodeno e a vesícula, Zagallo concluiu que chegou o momento de pensar na aposentadoria. Ele perdeu 16kg desde a cirurgia.


"Estou aposentado, mas se surgir algum convite para trabalhar como coordenador ou conselheiro, posso pensar, embora não aceite nada como técnico", afirmou, após ressaltar que não está com idade para suportar a pressão por resultados.


"Entrei no futebol no início de 1948, como jogador juvenil do América-RJ", lembrou. "Foram 60 anos. Só parei depois da Copa de 2006", emendou Zagallo, após confirmar que sua família está feliz com sua aposentadoria.


Em seis décadas, Zagallo conquistou quatro títulos mundiais: foi campeão como jogador na Suécia, em 1958, e no Chile, em 1962, como técnico no México, em 1970, e como coordenador técnico nos EUA, em 1994. "Tenho a felicidade de ser o único 'tetracampeão' do mundo. Deus me iluminou", ressaltou.


"É difícil que alguém alcance essa marca, inclusive por problemas de idade. Eu tive uma seqüência de jogador a treinador. Ser campeão quatro vezes como jogador é difícil. E para ser campeão quatro vezes, como jogador e técnico, é preciso se transformar em técnico e conquistar a Copa, o que é mais difícil ainda", disse.


Zagallo aproveitou para lamentar a falta de talentos no futebol brasileiro, cuja única causa é a "fuga" dos melhores jogadores para a Europa. "Ninguém pode proibir um jogador de ganhar mais, mas o pior é que cada vez eles partem mais jovens", disse.


"Eles não se formam em seus clubes e já partem. Muitas vezes ninguém sabe se será um grande jogador, porque não teve tempo de mostrar no Brasil toda a sua qualidade", expressou, reconhecendo que um de seus maiores problemas como técnico era que a maioria dos jogadores convocados atuava no exterior e dificilmente conseguia reuni-los para o treinamento.


"Não há tempo. Eles saem da Europa, viajam dois dias, jogam e voltam. As eliminatórias são sempre assim. E é difícil nessas condições. O futebol exige treino", assegurou Zagallo, acrescentando que o ex-capitão Dunga também enfrentará esse problema, embora tenha se negado a fazer um balanço detalhado sobre seu trabalho.


"Não sou a pessoa indicada para fazer uma avaliação. Ele foi meu jogador na Seleção e sempre foi um líder dentro do campo. Agora no comando, apesar de ser a primeira vez que trabalha como treinador, está indo bem. Porque futebol é resultado e ele conquistou resultados", disse.


Sobre a polêmica protagonizada por Kaká e Ronaldinho ao pedir a Dunga que não os convocasse para a Copa América, conquistada pelo Brasil, Zagallo deu razão aos atletas.


"Em parte eles têm razão. Estavam cansados da temporada no futebol europeu e no momento de descanso são convocados para a Seleção Brasileira. Depois de descansar eles foram convocados e se apresentaram com todo o prazer para jogar. E eles fazem falta", concluiu.

Veja também

Mais Lidas

1
Anastácio

Casa pega fogo, chamas consomem todos os pertences e matam o cachorrinho de casal

2
Aquidauana

Encontrado o corpo do trabalhador que desapareceu no rio Negro

3
Anastácio

Diabética e cega, jovem quer ajuda para fazer consulta e conseguir transplante

4
Anastácio

Idoso em Golf tenta desviar de capivara na pista, mas capota

Vídeos

Entrevista com os produtores do Longa-Metragem sobre Sasha Siemel

Tráfego de carretas no cruzamento da Duque de Caxias causa preocupação na população.

4ª Marcha pela Vida - Aquidauana MS

Ver mais Videos

Níveis dos Rios Hoje

Paraguai
2,52m
Miranda
5,26m
Aquidauana
2,66m

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

Preciso...

Manoel Afonso

MDB sobreviverá sem Puccinelli?

Alessandro Arruda

As leis e nossa incapacidade de produzi-las

Ver Mais Colunas