A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
21 de outubro de 2018
Anuncie Aqui
8498
Eventos

Dupla revelação das violadas comemora um ano de carreira

22 SET 2007 - 11h30min
midia max news

Thalysson e Tarsila comemoram um ano de carreira nesta sexta-feira a partir das 21h na Associação Nipo Brasileira, saída para Três Lagoas em Campo Grande. Com um repertório de sucesso, a dupla revelação das violadas, apresenta ao público campo-grandense versões arrojadas de músicas sertanejas e de um bom chamamé. A voz incomparável de Tarsila e o som realizado no violão e bandonion de Thalysson é sem dúvida a marca desta dupla jovem que começa a cravar o seu nome em Mato Grosso do Sul.


O sucesso de Thalysson e Tarsila é a canção Fatalidade, composição própria da dupla. A união dos músicos surgiu através de amigos. Como todas duplas sertanejas, começaram tocar por diversão e hoje levam a sério o que fazem. Por onde passam levam consigo um público fiel e amante do sertanejo raiz e atual.


Durante o show, Thalysson e Tarsila vão contar com participações de Marco Aurélio e Paulo Sérgio, João Lucas e Walter Filho, Marlon e Maike, Os Filhos de Campo Grande, Maria Cecília e Rodolfo, Munhoz e Mariano, João e Fernando, Flavio e Claudio, Luis e Junior, Campos e Maia, Daiane e Franciane, Celso Brito e Cassiano, Léo e Evandro, Pedro e Ronair, Rafael e Magrão. A animação fica por conta de Tatá Marques. Os convites antecipados e limitados estão a venda na Country e Cia, Áquila fast food, Gugu lanches e Lingüiça de Maracaju.


História


Thalysson e Tarsila cresceram ao som da música sertaneja. Por influência da família começaram a estudar instrumentos musicais desde cedo. Tarsila aprendeu aos onze anos tocar violão e a cantar músicas em guarani e espanhol com o seu professor paraguaio Lucho Escobar. Hoje, Tarsila canta diversos chamamés de sucesso da região da fronteira, como La Cautiva, Cambaquá, La Barca, Recuerdos de Ypacaraí, entre outros.


Em sua formação musical, Thallysson aos nove anos, ganhou o primeiro violão e com ajuda do pai aprendeu a tocar. O violão foi apenas o começo para o rapaz, que hoje toca viola, sanfona e bandonion. Tem influências em grandes instrumentistas como Coqui Marola, Tião Carrero e Pardinho, entre outros.

Veja também

Mais Lidas

1
Nota de Falecimento

Dono de tradicional sapataria de Aquidauana falece neste sábado

2
Aquidauana

Rapaz de 25 anos acelera Uno em cruzamento com sinal fechado e colide em moto

3
Policial

PMA apreende armas e cabeça de jacaré com caçador ilegal

4
Geral

Governo convoca nova turma de aprovados em concurso para curso de formação da Agepen

Vídeos

Entrevista com os produtores do Longa-Metragem sobre Sasha Siemel

Tráfego de carretas no cruzamento da Duque de Caxias causa preocupação na população.

4ª Marcha pela Vida - Aquidauana MS

Ver mais Videos

Níveis dos Rios Hoje

Paraguai
2,96m
Miranda
5,66m
Aquidauana
2,93m

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

O...

Robinson L Araujo

A FAMÍLIA E A ESCOLA COMO REDE DE PROTEÇÃO

Chico Castro

E AGORA JOSÉ?

Ver Mais Colunas
498110591