A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
18 de junho de 2019
Anuncie Aqui
9082
Eventos

Manejo de Serpentes é tema de palestra no Festival de Inverno

4 AGO 2007 - 10h59min
notícias.ms

"Manejo de Serpentes e prevenção de acidentes ofídicos" é o tema da oficina que será realizada hoje, a partir das 14 horas, como parte da programação do Festival de Inverno de Bonito. As inscrições para a oficina podem ser feitas no Biotério da UCDB, em frente à Praça da Liberdade.


Ontem (3), a bióloga e veterinária Paula Helena Santa Rita, ministrou a palestra "Serpentes de Mato Grosso do Sul - biologia e preservação". Ela falou sobre as características das serpentes, como lidar com esses animais e a importância das cobras tanto para a biotecnologia como para o meio ambiente.


Como exemplos de cobras peçonhentas encontradas em Mato Grosso do Sul, citou a jararaca, cascavel, boca-de-sapo e urutu-cruzeiro. "Os acidentes mais freqüentes acontecem com a jararaca. Na região do Pantanal, a que mais causa acidentes é a boca-de-sapo, que é agressiva e tem o veneno extremamente necrosante", informou.


Para os casos de acidentes com serpentes, a bióloga recomendou limpar o local da picada com água e sabão, tomar bastante água, tentar ficar o mais calmo possível, para evitar que o aumento da circulação sanguínea distribua o veneno ainda mais rápido pelo corpo e encaminhar a vítima para uma unidade de saúde, de preferência, levando a cobra para que o médico saiba o tipo de antídoto usar.


"É preciso conscientizar as pessoas de que matar o animal quebra a cadeia alimentar e prejudica o ecossistema local. Aquele animal é ponto de equilíbrio do ecossistema, é predador de roedores, que compete diretamente com o homem por alimentos. Além disso, se matar uma fêmea na época de acasalamento, o feromônio dela se espalha e atrai mais machos à propriedade", explicou.


Paula Helena também falou sobre a importância das serpentes para a biotecnologia. "Descobriu-se propriedades valiosas no veneno das serpentes", disse. Ela citou como exemplo o medicamento para controlar a pressão arterial Captopril. "O componente usado é do veneno da jararaca brasileira e o laboratório que o patenteou é americano", contou. De acordo com Paula Helena, a descoberta já rendeu dois bilhões de dólares em royalties apenas no primeiro ano e atualmente a empresa fatura aproximadamente R$ 200 milhões anualmente. "O nosso grande problema é a biopirataria", alertou.

 

Veja também

Mais Lidas

1
Aquidauana

Delegado de Aquidauana é transferido após sumiço de 100 kg de cocaína

2
Aquidauana

Homem agride ex-mulher e rasga as roupas dela durante churrasco

3
Aquidauana

Amigos fazem campanha para localizar familiares de travesti de Aquidauana

4
Anastácio

Bombeiros encontram corpo de jovem de 25 anos que se afogou no rio Aquidauana

Vídeos

Motorista que causou acidente admitiu ter bebido cerveja e não tinha CNH

PRF promove campanha de combate a violência sexual infantil

Portal Atacado • Anastácio MS | Especial Dia das Mães

Ver mais Videos

Previsão do Tempo

min16 max32

Aquidauana

Sol com algumas nuvens. Não chove.
min16 max32

Anastácio

Sol com algumas nuvens. Não chove.

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
2,69m
Miranda
3,48m
Paraguai
5,59m

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

Tudo...

Giovani José da Silva

HISTÓRIAS DE ADMIRAR: MOROS

Maria de Lourdes Medeiros Bruno

5° ENCONTRO RELÍQUIAS DE AQUIDAUANA (7 a 9 DE JUNHO ...

Ver Mais Colunas

Guia Cidade

Médicos

Roberto Trindade - Ginecologista

Rua Duque de Caxias, 657 Bairro Alto - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-3727
Pesqueiros

Pousada Recanto das Emas

Estrada da Barra Mansa, - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-6180/9986-
Médicos

Luiz Roberto P. Marti - Ginecologista

Rua Manoel Antonio Paes de Barros, 1032 Centro - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-3129
Ver Mais
508110564