A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
10 de dezembro de 2018
Anuncie Aqui
Eventos

Museu apresenta cultura e a história do homem pantaneiro

18 SET 2007 - 08h00min
midia max news

Um novo espaço histórico-cultural contará o processo de 8 mil anos de ocupação humana em um território marcante em Mato Grosso do Sul. O Museu de História do Pantanal abre suas portas hoje para a exposição do florescimento cultural pantaneiro.


Restaurado pelo Programa Monumenta e pelo Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional), do Ministério da Cultura, o antigo prédio da Casa Wanderley & Baís construído em 1876 no Porto Geral, recebeu investimentos de R$ 192.560,00 nas obras.


A montagem do museu custará R$ 5 milhões e será viabilizada por meio da Lei Rouanet, que concede benefícios fiscais a empresas que financiam atividades culturais. O trabalho é patrocinado pela Petrobras e pelo Grupo Votorantin, com supervisão do Iphan e parceria da prefeitura de Corumbá.


Duas entidades de Mato Grosso do Sul colaboram para montar o acervo. O Departamento de Arqueologia da UFMS (Universidade Federal) doou peças de cerâmica pré-coloniais e artefatos pré-históricos, utilizados pelos primeiros habitantes da região, há 8 mil anos. O Museu Dom Bosco contribuiu com peças indígenas, entre elas um cocar bororo. O Iphan e o Moinho Cultural de Corumbá apoiaram a realização de pesquisas, a captação de acervo, além de fornecer logística e mobilizar a comunidade a participar da constituição do museu.


No museu também estará exposto um acervo que conta um pouco da história da antiga ferrovia Noroeste do Brasil e mostra as paisagens pantaneiras através da perspectiva das janelas dos vagões. Em 23 imagens, o fotógrafo Rachid Waqued capta sentimentos humanos, a beleza da fauna e a da flora e redescobre um dos símbolos de Mato Grosso do Sul: O Trem do Pantanal.


Segundo o arquiteto responsável pelo projeto museográfico, Nivaldo Vitorino, formar o acervo foi como montar um grande quebra-cabeça. As peças estavam espalhadas pelos arquivos dos museus do Rio de Janeiro, de São Paulo, do Rio Grande do Sul e museus de Portugal, Espanha e Rússia. "Agora toda a história da região será contada em único espaço. O público conhecerá os processos históricos que forjaram a identidade pantaneira e poderá encontrar-se no seu presente", ressalta. A inauguração do Museu de História do Pantanal acontece hoje, a partir das 15 horas.

Veja também

Mais Lidas

1
Região

Comerciante de Miranda se assusta com bombons cheios de larvas

2
Policial

Após tiros com bala de borracha e perseguição, PM prende 3 por tráfico

3
Aquidauana

Aquidauana: inscrições para vagas com salário de até R$ 6,2 mil terminam hoje

4
Aquidauana

Novo piso do ginásio de Aquidauana é de última geração e dura até 20 anos

Vídeos

Entrevista com os produtores do Longa-Metragem sobre Sasha Siemel

Tráfego de carretas no cruzamento da Duque de Caxias causa preocupação na população.

4ª Marcha pela Vida - Aquidauana MS

Ver mais Videos

Níveis dos Rios Hoje

Paraguai
2,59m
Miranda
6,13m
Aquidauana
3,76m

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

Nas...

Giovani José da Silva

HISTÓRIAS DE ADMIRAR: DAR, RECEBER E RETRIBUIR

Robinson L Araujo

JESUS, SACERDOTE FIEL!

Ver Mais Colunas