A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
16 de dezembro de 2018
Anuncie Aqui
Eventos

Projeto Dançar termina hoje com apresentação no Glauce Rocha

3 SET 2007 - 11h18min
midia max news

Final de semana de arte e entretenimento. Para comemorar 10 anos do Projeto Dançar, a Fundac (Fundação Municipal de Cultura) organizou um final de semana prolongado de espetáculos no Teatro Glauce Rocha. Com a apresentação de cerca de 150 bailarinos de diversos grupos, academias e companhias, a noite de sábado contou com grande público que acompanhou atento as performances que resultaram da parceria entre a Ginga Companhia de Dança e a Prefeitura que, juntas, desenvolveram o Projeto Dançar.
Na cochia, a economista Roseane Rodrigues, de 26 anos, demonstrava ansiedade para entrar no palco. Participando há quatro meses do projeto, a jovem bailarina se apresentou pela primeira vez. "É maravilhoso poder dançar, nem acredito que agora faço parte desse projeto da prefeitura. Eu prefiro mesmo o estilo contemporâneo, mas hoje vamos dançar três ritmos: jazz, romântico e tecno e não vejo a hora de estar no palco com todos. É um sonho que agora vai se transformar em realidade" relatou Roseane.


Uma das coreógrafas e coordenadora, Renata Leone destacou a importância da parceria e a diferença que isso faz na formação dos jovens. "É muito importante a parceria da prefeitura no projeto Dançar. Sem isto, não poderíamos atingir tantos jovens com a arte de transformação que é a dança. É muito bom ver o processo de aprendizado pelo qual passam. Chegam tímidos e depois, com as aulas, acabam se revelando no palco. Alguns deles se descobriram profissionalmente aqui", disse a coordenadora.


Gustavo Lourenço da Silva, de 16 anos, é um deles. Há dois anos no projeto, ele hoje dança profissionalmente na Ginga e diz que sonha em ser um bailarino reconhecido mundialmente. "Estou há um ano dançando profissionalmente no Ginga. Esse é um sonho realizado, que me deixa muito satisfeito. Não vou esquecer nunca quando comecei, a emoção indescritível de estar no palco. Hoje, vou participar de seis números e o que mais me emociona é um do Fred Mercury, que me arrepia quando danço. Meu sonho maior é conhecer outras culturas e percorrer o mundo dançando", relatou o jovem Gustavo.


A diretora-presidente da Fundac, Solimar Alves de Almeida, destacou o nível das apresentações e a solidez do projeto. "O nível das apresentações que vimos aqui demonstra o profissionalismo dos nossos coreógrafos e professores e a dedicação dos alunos. Dá gosto ver o resultado das ações e dos investimentos que planejamos a cada início de ano. Esse projeto já completou dez anos e isso demonstra a consistência do sucesso que alcançou", destacou Solimar.


No fim da noite de apresentações, o prefeito Nelson Trad Filho foi um dos homenageados. Nelsinho foi muito aplaudido ao subir ao palco e se comprometer em continuar investindo em arte e cultura enquanto for administrador público. "A iniciativa pública precisa promover meios de incentivar a descoberta de talentos. Não podemos desperdiçar a vontade que estes jovens têm. É nossa obrigação, como gestor desta cidade, promover oportunidades para que estes jovens possam mostrar do que são capazes. Continuem contando com a nossa atenção e o nosso apoio", assegurou o prefeito.


A última noite de apresentações acontece hoje no Teatro Glauce Rocha com entrada gratuita. A Companhia de Dança Esther Weitzman do Rio de Janeiro, se apresenta a partir das 20h, com o espetáculo 'Território' exclusivo de performances masculinas.

Veja também

Mais Lidas

1
Anastácio

Diabética e cega, jovem quer ajuda para fazer consulta e conseguir transplante

2
Anastácio

Família que perdeu tudo em incêndio precisa de doações para recomeçar

3
Aquidauana

Alespana e Marinha preparam fuzileiros para o mercado de trabalho em Aquidauana

4
Anastácio

Casa pega fogo, chamas consomem todos os pertences e matam o cachorrinho de casal

Vídeos

Entrevista com os produtores do Longa-Metragem sobre Sasha Siemel

Tráfego de carretas no cruzamento da Duque de Caxias causa preocupação na população.

4ª Marcha pela Vida - Aquidauana MS

Ver mais Videos

Níveis dos Rios Hoje

Paraguai
2,52m
Miranda
5,26m
Aquidauana
2,66m

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

Preciso...

Manoel Afonso

MDB sobreviverá sem Puccinelli?

Alessandro Arruda

As leis e nossa incapacidade de produzi-las

Ver Mais Colunas