A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
20 de abril de 2018
Anuncie Aqui
8494
Geral

Audiência pública discute ampliação de ferrovia em Mato Grosso do Sul nesta sexta

Ferrovia EF-267 é umas das ferrovias priorizadas pelo Governo Federal e ligará a região do Bolsão e da Grande Dourados.

15 AGO 2013 - 08h47min
redação
A Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, em parceria com o Senado Federal, realiza no dia 16 de agosto, às 8 horas, a audiência pública "Ferrovia EF-267: Integração e Desenvolvimento para Mato Grosso do Sul". O evento é proposto pelos deputados estaduais Amarildo Cruz (PT) e Laerte Tetila (PT) e o senador Delcídio do Amaral (PT). O encontro vai contar com a presença de diversas autoridades, entre elas o presidente da Empresa de Planejamento e Logística (EPL), Bernardo Figueiredo.
 
A Ferrovia EF-267 é umas das ferrovias priorizadas pelo Governo Federal e ligará a região do Bolsão e da Grande Dourados, no Mato Grosso do Sul, aos municípios de São Paulo. Os trilhos passarão por Brasilândia, Santa Rita do Pardo, Bataguassu, Nova Andradina, Angélica, Deodápolis, Dourados e Maracaju, com ramais integrando à malha ferroviária do Paraná, permitindo o escoamento da produção pelo município de Mundo Novo para Guaíra, Cascavel, Guarapuava, Irati, Iguaçu e Paranaguá, onde está localizado um dos mais importantes portos do Brasil.
 
 ?Essa ferrovia faz parte de um arrojado projeto de integração nacional agroexportador sobre trilhos da presidenta Dilma Rousseff e representa para Mato Grosso do Sul o desenvolvimento e melhoria nas cadeias produtivas, solucionando a falta de logística. Esta estrada de ferro é um passo importante para integrar nosso Estado ao mercado brasileiro e aos países do Mercosul, alcançando também os mercados asiáticos por meio do transporte marítimo? afirma o deputado Tetila.
 
Para o deputado estadual Amarildo Cruz, a ampliação da ferrovia mostra mais uma vez que o Governo Federal está preocupado com Mato Grosso do Sul. ? A ampliação da Ferrovia EF-267 será muito importante, Mato Grosso do Sul se tornará um dos principais caminhos para o escoamento de grãos do País?, destacou.
 
A mesa de autoridades do evento será composta pelos deputados estaduais Amarildo Cruz e Laerte Tetila, além do senador Delcídio do Amaral (PT),Bernardo Figueiredo e do Secretário Estadual de Obras, Edson Girotto. O ramal será licitado ainda este ano para a concessão de administração e construção. A previsão é de que os primeiros vagões já estejam transitando nesta estrada de ferro em 2019. As linhas férreas estão previstas no Programa de Investimento e Logística, lançado no dia 15 de agosto do ano passado, que prevê investimentos na ordem de R$ 91 bilhões em 25 anos e a maior parte nos primeiros cinco, a contar de 2014.
 

Veja também

Mais Lidas

1
Policial

Marido registra B.O. de desaparecimento da mulher grávida de 1 mês

2
Geral

Homem picado por cobra em Corumbá, MS, morre no hospital

3
Policial

Ciclista morre após ser arremessado a 40 metros

4
Policial

Decretada a sentença judicial do adolescente que matou Clarinda Tamashiro

Vídeos

Entrevista com os produtores do Longa-Metragem sobre Sasha Siemel

Tráfego de carretas no cruzamento da Duque de Caxias causa preocupação na população.

4ª Marcha pela Vida - Aquidauana MS

Ver mais Videos

Níveis dos Rios Hoje

Paraguai
4,74m
Miranda
4,67m
Aquidauana
3,65m

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

Mais...

Robinson L Araujo

CASAMENTO: O Plano Perfeito de DEUS Para a Família - 1...

Raquel Anderson

Na mesa do bar!

Ver Mais Colunas
498110525