A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
20 de Outubro de 2017
Anuncie Aqui
8502
TJMS

Carreta da Justiça chega a Bodoquena para procedimentos na próxima segunda-feira

12 ABR 2017 - 15h51min
TJMS

De 17 a 20 de abril, a Carreta da Justiça estará na comarca de Bodoquena. Anteriormente, a equipe técnica do Tribunal de Justiça acompanhou o juiz Luiz Felipe Medeiros Vieira, que responde pela unidade móvel da justiça, para acertar os detalhes e isso significa que a Carreta da Justiça ficará no Auditório Mário Brother – Memorial Serra da Bodoquena, na Av. Manoel Rodrigues de Oliveira, s/n.
 
Depois de atender a demanda dos bodoquenenses, a Carreta da Justiça irá para Caracol, onde ficará de 24 a 28 de abril. O presidente do Tribunal de Justiça, Des. Divoncir Schreiner Maran, desde o início, não mediu esforços para alcançar o maior número possível de comarcas no menor tempo, fazendo da celeridade uma constante.
 
O juiz Luiz Felipe, questionado sobre a importância das parcerias nos locais onde a carreta está atendendo, lembra que nos municípios por onde passou sempre recebeu apoio das instituições municipais. “Em algumas localidades tivemos tratamento diferenciado, mostrando o quanto a justiça faz a diferença na vida dos cidadãos que buscam uma solução para seus conflitos. A população tem aproveitado a presença da justiça, o que torna nosso trabalho mais edificante”.
 
Até o momento, a Carreta da Justiça percorreu as comarcas de Rochedo, Corguinho, Taquarussu, Antônio João, Guia Lopes da Laguna e Aral Moreira, cidades onde o atendimento chegou a 10% da população local. Além disso, uma parceria com a juíza Jacqueline Machado, da 3ª Vara de Violência Doméstica e Familiar da Capital e coordenadora estadual da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar, levou a unidade móvel para os distritos de Rochedinho e Anhandui – locais em que o atendimento focou o fim de qualquer tipo de violência contra a mulher.
 
As ações disponibilizadas na Carreta da Justiça abrangem matérias jurídicas cíveis e criminais como conversões e reconhecimentos de união estável em casamento, acordos cíveis, peticionamentos de iniciais do juizado, casos de guarda, alimentos e visitas, reconhecimento de paternidade, coletas de DNA, além de atendimentos de parceiros, do Ministério Público e Defensoria Pública estadual.

Acompanharam o juiz Luiz Felipe na visita técnica o assessor militar do TJMS, Coronel Geraldo Garcia Orti, a diretora da Secretaria de Bens e Serviços, Larissa de Almeida Fagundes, e o diretor da Secretaria de Obras, Daniel Felipe Hendges.

Veja também

Mais Lidas

1
Anastácio

Funcionários da JBS de Anastácio protestam após paralisação de frigorífico

2
Aquidauana

Casa do Trabalhador de Aquidauana oferece 12 vagas de emprego nesta quinta-feira

3
Economia

Prefeitura de Guia Lopes da Laguna, MS, abre concurso para 99 vagas

4
Geral

Jovem tenta se refrescar no Rio Paraná e morre afogado

Vídeos

4ª Marcha pela Vida - Aquidauana MS

Fiações rompidas são recuperadas e motoristas ‘fora do padrão’ podem ser responsabilizados

Moradores de Anastácio flagram óleo descendo para Rio Aquidauana

Ver mais Videos

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
2,87m
Miranda
2,28m
Paraguai
2,41m

Colunas e Blogs

Raquel Anderson

Oswaldão e o horário de Verão!

Maria de Lourdes Medeiros Bruno

Viajar só faz bem...

Pedro Puttini Mendes

Aquidauana: "meio" ambiente ou um ambiente inteiro?

Ver Mais Colunas
498110620