A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
19 de Novembro de 2017
Anuncie Aqui
8504
Justiça

Cartorária é condenada por registrar mais de 850 nascimentos tardiamente

3 JUL 2017 - 16h07min
TJMS

Por unanimidade dos votos, os Desembargadores do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul mantiveram, em favor do Ministério Público do Estado, a condenação da cartorária Mafalda Donaria Viana Bonette, do Município de Coronel Sapucaia, por lavrar mais de 850 registros de nascimentos, tardiamente.

Em fevereiro de 2011, O Ministério Público Estadual, da 1ª Promotoria de Justiça de Amambai/MS, então representado pelo Promotor de Justiça Eteocles Brito Mendonça Dias Júnior, ingressou com a ação civil pública por ato de improbidade administrativa contra a cartorária, sob o fundamento do exagerado número de registros de nascimentos tardios por ela lavrados, na condição de titular do Cartório de Registro Civil da Cidade de Coronel Sapucaia, totalizando 851 registros efetivados de maneira irregular.

O juízo de primeiro grau julgou procedente a pretensão ministerial e impôs à cartorária as seguintes penas: perda da função pública de oficial de registro do Cartório; suspensão dos direitos políticos por 4 anos; multa civil, no montante correspondente à 15 vezes o valor da renda mensal percebida como titular do Cartório e; proibição de contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, ainda que por intermédio de pessoa jurídica da qual seja sócia majoritária, pelo prazo de três anos.

Em julgamento de recurso de apelação, em abril de 2017, os desembargadores da 1ª Câmara cível do Tribunal de Justiça de MS acataram os argumentos apresentados nas contrarrazões ministeriais e no parecer do Procurador de Justiça Sérgio Luiz Morelli, mantendo a condenação da requerida, nos termos da sentença.

De acordo com a decisão dos Magistrados, a conduta da apelante, portanto, é de todo reprovável, atentando, inclusive, contra a própria Administração, sendo, por outro lado, extremamente grave, eis que chegou a registrar o nascimento de pessoa nascida no Paraguai.

Veja também

Mais Lidas

1
Policial

Homem é preso por arrastar mulher no asfalto

2
Policial

Homem não identificado é encontrado carbonizado dentro de carro

3
Policial

Homem é assassinado com tiro na cabeça enquanto discutia com a ex

4
Policial

Homem é encontrado morto na cama de casa após festa

Vídeos

4ª Marcha pela Vida - Aquidauana MS

Fiações rompidas são recuperadas e motoristas ‘fora do padrão’ podem ser responsabilizados

Moradores de Anastácio flagram óleo descendo para Rio Aquidauana

Ver mais Videos

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
6,45m
Miranda
6,08m
Paraguai
1,72m

Colunas e Blogs

Manoel Afonso

Falta honra, sobra esperteza.

Robinson L Araújo

ME CONHECE COMO NINGUÉM

Valdemir Gomes

Hoje...

Ver Mais Colunas
498110541