A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
10 de dezembro de 2018
Anuncie Aqui
Geral

CEF vai liberar primeiros recursos do PAC para a Capital

19 SET 2007 - 07h40min
conjuntura on line

Serão liberados ainda esta semana pela Caixa Econômica Federal os recursos financeiros dos primeiros projetos do PAC (Plano de Aceleração do Crescimento) para obras de saneamento em Campo Grande. As verbas totalizam R$ 41 milhões, que serão investidas pelo Governo do Estado após processo licitatório.


Estão previstos investimentos imediatos em obras de drenagem nas bacias dos córregos Segredo e Cabaça, na região Norte, também inseridas no Projeto Imbirussu-Serradinho. As próximas ações do PAC para a Capital prevêem a urbanização das comunidades do vale do córrego Lagoa, das bacias dos córregos Cabaça e Segredo e da Vila Popular. Os investimentos totais na Capital serão de R$ 131 milhões.


"Estamos liberando os recursos dos primeiros quatro projetos do PAC em Mato Grosso do Sul, que atenderão inicialmente Corumbá e Campo Grande. Para essas primeiras obras a previsão é de que comecem ainda este ano. Os demais projetos, incluindo os investimentos em saneamento em Dourados, já estão em fase final de aprovação", garantiu o secretário de Habitação e membro do Grupo Executivo de Acompanhamento do PAC Habitação e Saneamento, Carlos Marun.


PAC no Estado


O anúncio dos investimentos do PAC em Mato Grosso do Sul foi feito no dia 30 de julho, durante visita do presidente Luiz Inácio Lula da Silva à Capital. Serão financiados R$ 345,3 milhões para obras de urbanização e saneamento em Campo Grande, Dourados e Corumbá, beneficiando mais de 700 mil pessoas.


No saneamento básico serão investidos imediatamente em Corumbá R$ 82 milhões. Estão previstas obras para a construção e ampliação do sistema de saneamento e esgotamento sanitário da região Noroeste, Centro e Popular Velho. Também serão construídas galerias de águas pluviais. O projeto de urbanização contemplará as comunidades do Cravo Vermelho III, Tiradentes, Pantanal e Lar Doce Lar. Somados, os investimentos totais em Corumbá ultrapassam R$ 120 milhões.


Em Dourados, o PAC prevê a ampliação da rede de abastecimento de água e da Estação de Tratamento de Esgoto Água Boa, contemplando 283 quilômetros de novas redes coletoras, 17.600 ligações domiciliares.


Também serão trocados 46 quilômetros de tubulação da rede de distribuição, reduzindo perdas e otimizando o acesso e os custos. Nos projetos de saneamento serão alocados R$ 52,6 milhões. Na urbanização das nascentes do córrego Água Boa e do fundo do vale do Jardim Clímax serão investidos R$ 23 milhões.

Veja também

Mais Lidas

1
Região

Comerciante de Miranda se assusta com bombons cheios de larvas

2
Policial

Após tiros com bala de borracha e perseguição, PM prende 3 por tráfico

3
Aquidauana

Aquidauana: inscrições para vagas com salário de até R$ 6,2 mil terminam hoje

4
Aquidauana

Novo piso do ginásio de Aquidauana é de última geração e dura até 20 anos

Vídeos

Entrevista com os produtores do Longa-Metragem sobre Sasha Siemel

Tráfego de carretas no cruzamento da Duque de Caxias causa preocupação na população.

4ª Marcha pela Vida - Aquidauana MS

Ver mais Videos

Níveis dos Rios Hoje

Paraguai
2,59m
Miranda
6,13m
Aquidauana
3,76m

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

Nas...

Giovani José da Silva

HISTÓRIAS DE ADMIRAR: DAR, RECEBER E RETRIBUIR

Robinson L Araujo

JESUS, SACERDOTE FIEL!

Ver Mais Colunas