A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
21 de janeiro de 2020
Anuncie Aqui
-->
Geral

Em reunião com juízes de Aquidauana, presidente do TJMS expõe relatório do porque precisa fechar Comarcas

Comarcas de Deodápolis, Anastácio, Bataiporã, Angélica, Itaporã, Dois Irmãos do Buriti e Rio Negro podem ser fechadas

19 JUN 2013 - 06h35min
redação
O presidente do TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul), Joenildo de Souza Chaves, se reuniu na tarde desta segunda-feira com os juízes de Aquidauana Fernando Cury, José de Andrade Neto e Giuliano Máximo Martins. Na sessão, ele mostrou aos magistrados um relatório minucioso dos motivos que o levou a tomar a decisão do fechamento das comarcas de Deodápolis, Anastácio, Bataiporã, Angélica, Itaporã, Dois Irmãos do Buriti e Rio Negro.
 
Segundo o juiz Giuliano Máximo Martins, Joenildo se mostrou muito preocupado com o fato de ter que fechar as comarcas. Mas, o estudo feito pelo TJMS mostra que não há outra saída, senão o fechamento, caso não haja aumento de repasse ao TJ por parte do Governo do Estado.
 
Dentre o que foi apurado no relatório, está o número de processos realizados nas Comarcas durante o ano, o total de processos abertos no mês, a arrecadação das comarcas, os custos processuais das ações, entre diversos outros aspectos que mostraram que o TJMS não têm condições de manter as Comarcas abertas.
?O presidente disse que não gostaria de tomar uma atitude dessas, mas não houve aumento do duodécimo, e os custos aumentaram?, contou Giuliano.
 
Apesar de ser contra o fechamento, o magistrado explicou que após conhecer o relatório entende e apoia a decisão que o presidente tomar. Ele lembrou que o e Judiciário também é regido pela Lei de Responsabilidade Fiscal e é preciso fechar as contas.
 
Entretanto, Giuliano se disse esperançoso e lembrou que Anastácio é a última da lista de fechamento do TJ. Por isso, acredita que a decisão ainda pode mudar e a Comarca se manter ativa.
 
Gastos a mais
 
Levantamento do TJ mostra que a comarca de Angélica distribuiu a média mensal de 36 processos no juizado especial e 87 na vara única, com arrecadação anual de R$ 226.766,04 e custo de R$ 1.384.549,09.
 
Em Dois Irmãos do Buriti a baixa distribuição de feitos se repete, foram 23 processos no juizado especial e 94 na vara única, com arrecadação anual de R$65.462,83 e custo de R$ 1.336.929,44. No município existem ainda os processos de execução penal que tramitam em Campo Grande.
 
No caso de Deodápolis, a média de feitos foi de 40 nos juizados especiais e 84 na vara única, com arrecadação anual de R$ 225.807,21 e custo de R$ 1.852.478,25.
 
 

Veja também

Mais Lidas

1
Policial

Homem é assassinado com onze tiros

2
Policial

Marido mata adolescente a tiros, dois meses após o nascimento do filho

3
Policial

90 membros do PCC fogem de presídio na Fronteira

4
Anastácio

Idoso é encontrado morto em córrego momentos após ser visto bebendo

Vídeos

Sepultamento de sargento tem cortejo de bombeiros e policiais

Motorista perde o controle da direção e cai no córrego João Dias

Dois Irmãos do Buriti/ms - Rellion 220 - Banda Beleza Pura

Ver mais Videos

Previsão do Tempo

min23 max35

Aquidauana

Sol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite.
min23 max35

Anastácio

Sol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite.

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
2,73m
Miranda
5,79m
Paraguai
1,21m

Colunas e Blogs

Maria de Lourdes Medeiros Bruno

LEILÃO DOS DIAS

Valdemir Gomes

Aos...

Giovani José da Silva

HISTÓRIAS DE ADMIRAR: O COLECIONADOR DE PERDAS

Ver Mais Colunas

Guia Cidade

Academias

Ativação

Rua José Bonifácio, s/n Alto - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-2109
Hospitais/Postos de Saúde

Posto de Saúde da Santa Terezinha - Centro de Saúde Dr. Cláudio Fernando Estela

R. Carlos Ferreira Bandeira, s/nº Stª Terezinha - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-4027
Supermercados

Casa Portuguesa

Estevão Alves Corrêa, 885 - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-3266 /3241
Ver Mais