A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
05 de abril de 2020
Anuncie Aqui
-->
Geral

Estado prioriza vocação econômica de municípios e garante boas estradas para escoamento da produção

18 ABR 2013 - 13h15min
Notícias MS
O governo do Estado está licitando as obras de pavimentação asfáltica das rodovias MS-010 e MS-162 e ainda a restauração asfáltica da MS-240, MS-162, MS-470 e MS-395. O objetivo é garantir boas estradas que atendam principalmente a vocação de cada região com suas atividades econômicas, e, desta forma, o escoamento ágil e seguro da produção.  As intervenções contam com investimentos da linha de financiamento Logística, do programa "BNDES Estados" e contrapartida estadual. Os recursos somam R$ 100 milhões.
 
A pavimentação asfáltica vai contemplar a rodovia MS-010, a partir do entroncamento do anel rodoviário de Campo Grande até o distrito de Rochedinho, numa extensão de 17,4 quilômetros. Os investimentos são de mais de R$ 13 milhões. Esta região, que engloba o distrito e a comunidade quilombola Furnas do Dionísio, é responsável por expressiva produção de leite, hortaliças e pequenos animais para o abastecimento da Capital. A obra vai ligar por via pavimentada aquela localidade ao núcleo urbano de Campo Grande, melhorando a renda familiar dos moradores e também o transporte coletivo público urbano e intramunicipal.
 
Com recursos de cerca de R$ 36 milhões, o governo estadual também vai asfaltar a MS-162 no trecho entre o distrito de Quebra Coco - em Sidrolândia - até a cidade de Dois Irmãos do Buriti. Serão mais de 32 quilômetros de asfalto novo, que irá beneficiar os moradores e impulsionar a atividade econômica local. A oito quilômetros do distrito está em operação uma usina sucroalcooleira que esmaga anualmente 340 mil toneladas de cana-de-açúcar e produz, no mesmo período, 15 mil m3 de álcool hidratado e 20 mil toneladas de açúcar.
 
No início do mês, em visita ao município de Sidrolândia para entrega de casas, o governador André Puccinelli já havia anunciado aos moradores a meta de executar esta importante obra viária na região.
 
Recapeamento
 
Quatro rodovias do estado serão beneficiadas com a recuperação asfáltica. O Estado vai recapear a MS-240, no trecho que vai do entroncamento da MS-377 (acesso a Inocência) até o entroncamento da BR-158/MS (Paranaíba), numa extensão de 85,80 quilômetros. Os recursos devem chegar a R$ 18 milhões. Nesta região existe a previsão de instalação de indústrias de laticínio, calçados, fios, cabos e condutores elétricos e ainda uma usina sucroalcooleira com investimentos na ordem de R$ 475 milhões. É um empreendimento que deve gerar pelo menos 2,3 mil empregos e que demanda infraestrutura rodoviária.
 
O recapeamento também chega para as rodovias MS-162 e MS-470. A recuperação começa a partir do entroncamento da MS-270, na Placa do Abadio, em Dourados, e ainda no entroncamento da BR-163 com o acesso a Douradina, numa extensão de quase 24 quilômetros. A obra conta com investimentos de cerca de R$ 10 milhões. O município de Douradina produz, anualmente, 60 mil toneladas de milho e soja. Esta produção demanda acesso ao município de Dourados assim como o transporte de insumos, prestadores de serviços e estudantes.
 
Este trecho também facilita o acesso a áreas de produção dos distritos de Piraporã e Santa Terezinha, no município de Itaporã, com produção diversificada (grãos, granjas de suínos e de aves) de agricultores familiares e possibilita a ligação com o município de Maracaju. Os produtos cultivados em Itaporã, como o arroz, milho, soja e trigo, além da produção e abate de peixes, têm como destino o município de Dourados. Por outro lado, esta cidade que já produz fertilizantes, biodiesel, etanol e conta com frigoríficos necessita distribuir a produção para os municípios vizinhos.
 
A MS-395, entre Anaurilândia até o entroncamento da BR-267 com o município de Bataguassu, será recuperada. São pelo menos 66 quilômetros de recapeamento neste importante trecho que mobiliza o fluxo da produção do agronegócio.  No município de Bataguassu está em implantação uma usina de açúcar e álcool e ainda um frigorífico, com investimento de R$ 600 milhões e geração de 1.750 empregos. Os investimentos chegam a R$ 23 milhões.
 
 

Veja também

Mais Lidas

1
Aquidauana

Ex tinha histórico de homicídio e ameaçou dar um tiro na vítima após separação

2
Policial

Salão no bairro Alto era ponto de venda e consumo de drogas em Aquidauana

3
Policial

Concluída a implantação das 13 barreiras sanitárias nas divisas

4
Policial

Traficante morre depois de capotar carro com 200 quilos de maconha em MS

Vídeos

PM grava vídeo na língua terena para orientar indígenas sobre prevenção ao coronavírus

Lideranças de Taunay fecham o acesso ao distrito para quem não é morador

Dona Izabel confere as novidades nas vitrines tranquilamento no 1º dia de quarentena na cidade

Ver mais Videos

Previsão do Tempo

min23 max34

Aquidauana

Sol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde. À noite o tempo fica aberto.
min23 max34

Anastácio

Sol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde. À noite o tempo fica aberto.

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
2,73m
Miranda
2,95m
Paraguai
1,72m

Colunas e Blogs

Raquel Anderson

Diário de um tempo de Pandemia III

Maria de Lourdes Medeiros Bruno

"ALVOROÇO DE FESTA NO CÉU"

Valdemir Gomes

DEscrevo...

Ver Mais Colunas

Guia Cidade

Transportes

NORTON TRANSPORTE ESCOLAR, FRETAMENTO E TURISMO

Rua Estevão Alves Corrêa, 1561 - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241 7444 / 991
Escolas Estaduais

Escola Estadual Coronel José Alves Ribeiro - CEJAR

Rua Estevão Alves Correa, s/n - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241 6029/2226
Pesqueiros

Pousada Amarelinho

Acesso pelo Frigorífico, - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241 2828/99186
Ver Mais