A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
25 de março de 2019
Anuncie Aqui
8494
Geral

Governo Federal garantiu moradias para índios

1 AGO 2007 - 15h48min
assessoria de comunicação

Lançado em 2005, o Programa de Subsídio Habitacional do Governo Federal para a Reserva Indígena de Dourados já entregou 400 moradias em alvenaria nas aldeias Jaguapiru e Bororó e está construindo mais 200 casas, que devem ser concluídas até o final do ano.


O prefeito Laerte Tetila lembrou que o programa habitacional na Reserva Indígena de Dourados foi pioneiro no País e serviu de modelo para outras reservas no Brasil. O programa foi implantado pelo presidente Lula, que atendeu às necessidades das famílias indígenas brasileiras. As primeiras 400 casas construídas nas duas aldeias foram edificadas em alvenaria, com 34 metros quadrados, dois quartos, sala e cozinha, banheiro, portas de ferro e forradas no teto, com investimentos de R$ 5,2 milhões, que contou com contrapartida da Prefeitura de Dourados na execução das obras.


A segunda etapa, com 200 moradias, está recebendo investimentos de R$ 1,8 milhão, também com a mesma medida e banheiro, totalizando 600 famílias beneficiadas com moradia digna e gratuita, cujos recursos foram liberados pelo Ministério das Cidades, por determinação do presidente Lula.


O prefeito Laerte Tetila explica que o projeto encaminhado ao Governo Federal prevê a construção de 1.000 casas, o que complementaria a necessidade das famílias indígenas que residiam e ainda moram em barracos, ou de lona, ou casas de sapé e chão batido.


Nas aldeias Jaguapiru, Bororó e Panambizinho, um levantamento identificou a necessidade de construção de pelo menos 950 moradias, das 2.991 identificadas nas três aldeias douradenses. Na Reserva Indígena de Dourados residem atualmente 11,5 mil índios em uma área de 3,5 mil hectares.


OUTROS INVESTIMENTOS
Além das novas moradias, o Governo Federal também implantou na Reserva Indígena de Dourados rede de água potável de mais de 80 quilômetros de extensão; rede de energia elétrica pelo programa Luz Para Todos e incentivos à agricultura familiar indígena.
agência de comunicação popular

 (67) 99984.6000

Veja também

Mais Lidas

1
Aquidauana

Acidente entre dois carros deixa um morto e oito feridos perto de Aquidauana

2
Aquidauana

Aos 39 anos, morre o professor Claudilei Castilho Sanches

3
Aquidauana

Embriagado, jovem fica ferido ao bater carro em caminhão parado em Aquidauana

4
Aquidauana

Ponte Velha sobre o Rio Aquidauana é interditada novamente para reparos

Vídeos

CCE Centro Cristão de Ensino leva conhecimento e valores a crianças e adolescentes para a vida toda

Em capotamento, airbag salva motorista da morte em Aquidauana

Incorporação dos Alunos do Núcleo de preparaçao de Oficiais da Reserva (NPOR)

Ver mais Videos

Previsão do Tempo

min18 max33

Aquidauana

Sol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite.
min18 max33

Anastácio

Sol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite.

Níveis dos Rios Hoje

Paraguai
3,65m
Miranda
5,48m
Aquidauana
4,23m

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

Nada...

Giovani José da Silva

HISTÓRIAS DE (NÃO) ADMIRAR: O HORROR

Paulo Corrêa de Oliveira

MISTÉRIOS DA PONTE VELHA

Ver Mais Colunas

Guia Cidade

Escolas Municipais

Escola Municipal Indígena Pólo Lutuma Dias

Aldeia Limão Verde, Aldeia Limão Verde - 79200-000 Aquidauana/MS (67)
Bares/Panificadoras/Lanchonetes

Lanchonete e Garaparia Doce Mel

Rua Estevão Alves Corrêa, Barraca 62 - 79200-000 Aquidauana/MS (67)
Escolas Municipais

Escola Municipal Franklin Cassiano

, Distrito de Camisão - 79200-000 Aquidauana/MS (67)
Ver Mais
508110636