A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
19 de março de 2019
Anuncie Aqui
8502
Justiça

Jovem assediado durante exame será indenizado em R$ 15 mil

10 AGO 2018 - 16h47min
TJMS

Sentença proferida nesta quinta-feira (9), na 3ª Vara de Fazenda Pública e Registros Públicos da Capital condenou o município de Campo Grande ao pagamento de R$ 15.000,00 por danos morais a um jovem que foi molestado por funcionário quando precisou de atendimento médico. O fato aconteceu em 11 de agosto de 2008, quando o autor tinha 10 anos de idade.

Narra a ação que a criança foi levada por seu pai, em busca de atendimento em centro de especialidades médicas da Sesau, para fazer um RX da perna esquerda e região da bacia. O menino foi encaminhado à sala de RX do setor de ortopedia, sendo entregue aos cuidados de funcionário do local.

Relata que ficou só com o servidor dentro da sala de RX por aproximadamente 30 minutos e ao sair do local, seu pai notou que estava com o semblante muito fechado e sem querer conversar com ninguém.
Afirma que ao chegar em casa desabafou com o pai informando que nunca mais gostaria de ir lá, confidenciando que teve que tirar a cueca, ficando somente de camiseta, e que o funcionário começou a fazer perguntas de conotação sexual, praticando atos libidinosos contra si. Narra que o Ministério Público abriu processo crime de atentado violento ao pudor.

Para o juiz Zidiel Infantino Coutinho, a ocorrência dos fatos descritos na inicial está demonstrada, conforme depoimento prestado pela psicóloga que acompanhou o autor no Centro de Atenção Psicossocial Pós-Trauma, à comissão de sindicância, bem como pelo depoimento da terapeuta ocupacional da equipe que atendeu o autor.

No entender do juiz, a ação criminal também apontou que a materialidade do delito está demonstrada, não havendo devidamente comprovada a autoria do crime. “No entanto”, frisou o juiz, “não se discute a existência do fato, tampouco o local onde foi praticado, já que restou comprovado que aconteceu no estabelecimento do réu”.

Além disso, destacou Zidiel na sentença: "está demonstrado que outras pessoas tinham acesso à sala de exames, constatando, assim, a falta de segurança dos pacientes, a falta de controle das pessoas que ali circulam, bem como a ausência de orientação para que o genitor do autor o acompanhasse no momento da realização do exame, especialmente por se tratar de uma criança, à época, com apenas 10 anos de idade. Comprovada a conduta ilícita omissiva, o dano moral neste caso é presumido, devendo o município indenizar o autor”.
 

 (67) 99984.6000

Veja também

Mais Lidas

1
Aquidauana

Aquidauanense está entre vítimas de acidente que deixou 3 mortos

2
Anastácio

Jovem de 21 anos é preso em flagrante por tráfico de drogas em Anastácio

3
Nota de Falecimento

Médico aquidauanense, Heraldo Alan Kardec José de Paula morre aos 73 anos

4
Policial

Após denúncia, PM fecha ponto de venda de drogas no bairro Alto

Vídeos

CCE Centro Cristão de Ensino leva conhecimento e valores a crianças e adolescentes para a vida toda

Em capotamento, airbag salva motorista da morte em Aquidauana

Incorporação dos Alunos do Núcleo de preparaçao de Oficiais da Reserva (NPOR)

Ver mais Videos

Previsão do Tempo

min22 max34

Aquidauana

Sol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite.
min22 max34

Anastácio

Sol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite.

Níveis dos Rios Hoje

Paraguai
3,65m
Miranda
5,48m
Aquidauana
4,23m

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

Quero...

Giovani José da Silva

HISTÓRIAS DE (NÃO) ADMIRAR: O HORROR

Paulo Corrêa de Oliveira

MISTÉRIOS DA PONTE VELHA

Ver Mais Colunas

Guia Cidade

Bancos

Banco Itaú

Rua Estevão Alves Corrêa, 579 Centro - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-3796 / 324 www.itau.com.br
Transportes

Viação Da Mata

AV. Dr Sabino, 252 Bairro Alto - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241 1966
Camping

Camping Três Marias

, - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 9995-3725
Ver Mais
508110683
SERIEMA FIXO RODAPE