A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
21 de Outubro de 2017
Anuncie Aqui
8498
Processos

Justiça do Trabalho se prepara para solucionar centenas de processos na Semana da Conciliação

Empresas e trabalhadores são convocados para audiências, onde já há manifestação de pelo menos uma das partes em conciliar

19 MAI 2017 - 08h57min
Redação

A Justiça do Trabalho espera solucionar milhares de processos por meio de acordos entre patrões e empregados durante a Semana Nacional da Conciliação Trabalhista, que será realizada de 22 a 26 de maio, nos 24 Tribunais Regionais do Trabalho. Em Mato Grosso do Sul, 1.718 audiências foram agendadas para a próxima semana. Em todo o país, são mais de 30 mil processos em pauta.

Empresas e trabalhadores são convocados para audiências, onde já há manifestação de pelo menos uma das partes em conciliar. Assim, uma proposta de acordo é apresentada e as partes decidem se querem ou não encerrar o processo. Todos os acordos são mediados por um juiz ou servidor competente e a homologação é feita pelo juiz do trabalho. O evento, promovido pelo Conselho Superior da Justiça do Trabalho, tem como objetivo finalizar de forma conciliatória processos que estão em tramitação: uma forma mais rápida e eficaz do que a via processual tradicional.

Na Semana Nacional da Conciliação Trabalhista do ano passado, as 26 Varas do Trabalho de Mato Grosso do Sul e o Tribunal Regional do Trabalho da 24ª Região conseguiram o pagamento de direitos trabalhistas no valor de R$ 8 milhões, com um índice de acordo de 40%. Ao todo, 562 processos que tramitavam em Primeiro e Segundo Graus foram solucionados e 3.331 pessoas foram atendidas.

Este ano, a campanha tem o slogan "Para que esperar, se você pode conciliar". Desde 2015, a Justiça do Trabalho, por meio da Comissão Nacional de Promoção à Conciliação, promove campanhas como a Semana Nacional de Conciliação Trabalhista com o intuito de conscientizar e estimular empresas e trabalhadores a optarem pelo diálogo ao invés de uma ação judicial - o objetivo é que patrões e empregados firmem acordos e solucionem seus litígios trabalhistas, reduzindo o número de processos que tramitam nos tribunais e varas.

Veja também

Mais Lidas

1
Aquidauana

Marido espanca e quebra costelas de jovem e a deixa jogada em colchão

2
Aquidauana

Operação fecha cerco contra taxistas e mototaxistas clandestinos em Aquidauana

3
Geral

Bebê é resgatado pelos bombeiros com desnutrição aguda no Pantanal

4
Aquidauana

Casa do Trabalhador de Aquidauana oferece 12 vagas de emprego nesta sexta-feira

Vídeos

4ª Marcha pela Vida - Aquidauana MS

Fiações rompidas são recuperadas e motoristas ‘fora do padrão’ podem ser responsabilizados

Moradores de Anastácio flagram óleo descendo para Rio Aquidauana

Ver mais Videos

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
2,87m
Miranda
2,28m
Paraguai
2,41m

Colunas e Blogs

Maria de Lourdes Medeiros Bruno

“NATUREZA TRANSFORMANDO PESSOAS”

Raquel Anderson

Oswaldão e o horário de Verão!

Pedro Puttini Mendes

Aquidauana: "meio" ambiente ou um ambiente inteiro?

Ver Mais Colunas
498110638