A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
19 de Novembro de 2017
Anuncie Aqui
8504
Geral

Morre Roberto Civita, filho do fundador do Grupo Abril

Corpo está sendo velado na Grande São Paulo. Roberto Civita foi o criador de várias revistas.

27 MAI 2013 - 11h05min
G1
O corpo do empresário Roberto Civita, de 76 anos, filho de Victor Civita, fundador do Grupo Abril, começou a ser velado às 11h desta segunda-feira (27) no Crematório Horto da Paz, em Itapecerica da Serra, na Grande São Paulo. O corpo chegou ao local ainda durante a madrugada, por volta das 4h. A cerimônia de cremação está prevista para 17h.
 
Civita morreu neste domingo (26), no Hospital Sírio-Libanês, na Bela Vista, região central de São Paulo, onde estava internado desde fevereiro. O empresário morreu às 21h41 devido à falência de múltiplos órgãos.
 
De acordo com nota do Grupo Abril, ele estava internado para a correção de um aneurisma abdominal. Civita foi operado durante o Carnaval para a colocação de uma prótese na aorta, mas teve complicações causadas por uma hemorragia. O quadro foi revertido, mas o estado de outros órgãos se complicou até chegar à falência múltipla.
 
Uma das primeiras autoridades a comparecer ao velório, o vereador Andrea Matarazzo (PSDB) lamentou a morte do amigo e contou que teve uma convivência familiar com Civita de três gerações, também foi amigo dos pais e filhos. "Roberto era um homem brilhante, bem humorado, de bem com a vida. Ele unia dois traços importantes que era o empreendedor e o empresário muito competente e um jornalista que prezava muito o espírito da liberdade, o espírito brasileiro. É uma perda inestimável tanto no aspecto empresarial, foi um dos grandes empreendedores, como no aspecto jornalístico, um homem que criou a revista brasileira de maior circulação, que é a Veja"
 
Histórico
 
Roberto Civita estava no comando da companhia havia mais de duas décadas, período em que a empresa diversificou seus negócios, tornando-se um dos maiores conglomerados de comunicação da América Latina. O grupo é responsável pela publicação das  revistas "Veja", "Exame", "Nova" e "Quatro Rodas", entre outras.
 
Civita acumulava os cargos de presidente do Conselho de Administração e diretor editorial do Grupo Abril, e presidente do conselho da Abril Educação. Mas, desde a sua internação, em março, estava afastado de todas as suas atividades no grupo, que foram assumidas interinamente pelo seu filho Giancarlo Civita, presidente executivo do Grupo Abril e vice-chairman da Abrilpar.
 
O publisher assumiu a presidência do Grupo Abril em 1990, após a morte do pai, quando se iniciou o período de intensa diversificação dos negócios da companhia, com atuação nas áreas de mídia, educação, gráfica, distribuição e logística.
 
Hoje, o grupo é composto pela Abril S.A., empresa responsável pelas áreas de mídia (Editora Abril, Mídia Digital, Elemidia, Alphabase, MTV e Casa Cor), gráfica, logística e distribuição, e pela Abril Educação. O Grupo conta ainda com a Fundação Victor Civita, criada em 1985 com o objetivo de fortalecer a educação de base no Brasil.
 
Sob o comando de Roberto Civita, a Abril investiu em televisão e internet. Colocou no ar a TVA e a MTV, considerada o primeiro canal de TV segmentado do Brasil. Na internet, a primeira iniciativa foi com o BOL, Brasil Online, lançado em 1996, e mais tarde incorporado ao UOL.
 
Em 1999 foi lançado o Ajato, provedor de internet em banda larga. Hoje, a Abril Mídia Digital é a unidade do grupo responsável pelos novos negócios digitais da Abril.
 
Na área de educação, fazem parte do grupo as editoras Ática e Scipione, os sistemas de ensino Anglo, Ser, Maxi e GEO, o Siga (focado na preparação para concursos públicos), o Curso e o Colégio pH, o Grupo ETB (Escolas Técnicas do Brasil), a Escola Satélite, a rede de escolas de inglês Red Balloon e a Livemocha, ensino de idiomas. Criada em 2007 como um braço do Grupo Abril, a Abril Educação passou a atuar separadamente da Abril S.A. no início de 2010, por meio de uma reorganização societária.
 
Em maio de 2006, a Abril anunciou a sociedade com o grupo de mídia sul-africano Naspers, que passou a deter 30% do capital da Abril SA, incluindo a compra dos 13,8% que pertenciam aos fundos de investimento administrados pela Capital International.

Veja também

Mais Lidas

1
Policial

Homem assassina jovem em carvoaria de fazenda na Estrada do Taboco

2
Policial

Jovem é assassinado com três tiros após emboscada durante a madrugada

3
Policial

Homem é preso por arrastar mulher no asfalto

4
Policial

Homem agride mulher e a deixa nua no Jardim Independência

Vídeos

4ª Marcha pela Vida - Aquidauana MS

Fiações rompidas são recuperadas e motoristas ‘fora do padrão’ podem ser responsabilizados

Moradores de Anastácio flagram óleo descendo para Rio Aquidauana

Ver mais Videos

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
6,45m
Miranda
6,08m
Paraguai
1,72m

Colunas e Blogs

Pedro Puttini Mendes

O “modelo de lei”, o ambientalismo municipal e a mu...

Giovani José da Silva

HISTÓRIAS DE ADMIRAR: DE VOLTA AO MEIO DO MUNDO (E AO ...

Manoel Afonso

Falta honra, sobra esperteza.

Ver Mais Colunas
498110796