A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
19 de agosto de 2018
Anuncie Aqui
8496
Geral

Pelotão do 9º BEC é destaque no Haiti

23 JUL 2007 - 10h41min
da redação

Entre todas as tropas enviadas ao Haiti, destaque para um pelotão do 9ºBEC, que mesmo enfrentando muitas dificuldades realizou com brilhantismo suas missões.


O 1º Tenente Duílio Sales Garcia, há seis anos no Exército relatou a vivência que teve a frente do pelotão: "A população haitiana necessita de muito apoio, uma vez que a estrutura política de lá foi dissolvida, encontramos uma saúde precária, sem prevenção de doenças sexualmente transmissíveis, não há controle de natalidade, não há oferta de trabalho, a moeda é bem desvalorizada com relação ao dólar. Na parte de educação as escolas municipais tem estruturas bem antigas, desgastadas, não há universidade Federal, tanto que a instalação do exército brasileiro estava sendo num prédio desativado de uma Universidade, localizada na capital. Não possuem o hábito de limpeza, jogam lixo onde estiverem não há um trabalho voltado para a segurança e saneamento básico, a população realmente vive em situações de calamidade, não há iluminação nas ruas, nem nas casas. Quando chegamos ao Haiti, deparamos com situações bem aquém com as do Brasil, onde mesmo tendo injustiça, políticos corruptos, nós conseguimos viver muito bem. É uma experiência muito boa para as pessoas poderem valorizar a vida, o próprio trabalho, porque achamos que trabalhamos muito, mas temos certo conforto quando retornamos ao nosso lar, lá, além de não ter muita oferta de trabalho, os que têm não possuem conforto, pois têm que sustentar uma família com seis, sete filhos".


"Quando a gente chegou lá era muito mais sujo, eles dirigiam na ofensiva, iam invadindo a contramão, com o tempo estão se organizando", esclareceu o 3º Sargento C Santos.


A ONU que há  três anos atrás assumiu a Missão de reconstruir o Haiti, convocou 10 nações para tal função, entre elas o Brasil que é representada por sete OM (Organizações Militares) incluindo o 9º BEC.  Agora já voltaram a realizar eleições, a PNH que era muito truculenta, quase soberana, ou seja, prendiam e julgavam o detido, muitas vezes até matavam sem amparo legal, causando assim certo medo nos civis, está recebendo uma requalificação em sua própria academia de policiais enviados pela ONU.


Sob uma temperatura bastante alta cerca de 39º a 40º graus os militares desempenharam com êxito suas respectivas funções, prova disso foi um pelotão do 9º BEC que foi destaque em todas as operações de Pacificação de Porto Príncipe.

Veja também

Mais Lidas

1
Aquidauana

Em Aquidauana, amigos se despedem do maçom mais antigo de Mato Grosso do Sul

2
Aquidauana

Nota de falecimento do Sr. Milton Pereira Soares

3
Aquidauana

Homem bate na mulher exigindo dinheiro para comprar drogas e é preso

4
Policial

Homem tem a mão cortada pelo padrasto ao defender mãe de agressões

Vídeos

Entrevista com os produtores do Longa-Metragem sobre Sasha Siemel

Tráfego de carretas no cruzamento da Duque de Caxias causa preocupação na população.

4ª Marcha pela Vida - Aquidauana MS

Ver mais Videos

Níveis dos Rios Hoje

Paraguai
4,63m
Miranda
3,27m
Aquidauana
3,28m

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

A...

Maria de Lourdes Medeiros Bruno

Aqui Estamos Nós, Outra Vez, Mas Vitoriosos!

Raquel Anderson

Jeito aquidauanense!

Ver Mais Colunas
498110601