A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
24 de Janeiro de 2018
Anuncie Aqui
8498
MS

Previsão de geada deixa Bombeiros em alerta para queima da vegetação

Unidades já estão funcionando com equipe extra por conta da estiagem aliada à massa de ar frio que chegou ao Estado e pode acelerar secagem da vegetação e focos de incêndios

17 JUL 2017 - 13h11min
Redação

A previsão de geadas na região Sul do Estado na madrugada de terça-feira (18) deixou o Corpo de Bombeiros em alerta, porque pode acelerar a queima e secagem da vegetação e aumentar os focos de incêndios florestais.

As unidades dessa região estão trabalhando com equipes extra nos quarteis, explicou o chefe do Centro de Proteção Ambiental do Corpo de Bombeiros Militar de MS (CBMMS), tenente-coronel Waldemir Moreira Júnior. “Se confirmar a previsão, a geada vai queimar a vegetação e deixar toda ela seca em uma semana, mais vulnerável aos incêndios florestais”, adiantou.

Desde o início do mês, os Bombeiros Militares estão trabalhando em regime de sobreaviso por conta do período crítico para as queimadas – que começa em julho e termina no mês de setembro. Nesta semana, as equipes extra estão de prontidão nas unidades. “É uma escala extra, fora o serviço 24 horas. Temos em cada quartel uma equipe a mais, inclusive no setor administrativo”, detalhou. Esses militares ficam mobilizados das 8h às 19h.

Segundo o Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC), do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), nesta madrugada podem ocorrer geadas em toda a região Sul de MS – que inclui a Grande Dourados e o entorno dos municípios de Ponta Porã, Naviraí e Nova Andradina. A queda brusca nas temperaturas é decorrente de uma massa de ar frio que avança pelo continente.

O frio intenso motivou alerta do Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), válido até amanhã, quando os termômetros podem chegar a zero graus Celsius.

Além da queda nas temperaturas, a umidade relativa do ar deve baixar a 20% – considerado estado de alerta. Além do risco de queimadas, essas condições climáticas podem provocar problemas respiratórios e a população deve se manter hidratada e evitar exercícios físicos. A previsão é que a massa de ar frio se afaste e as temperaturas comecem a subir no decorrer da semana.

Veja também

Mais Lidas

1
Aquidauana

Comunicador de Aquidauana segue lutando pela vida

2
Aquidauana

Motorista de camionete não respeita preferencial e causa acidente no centro da cidade

3
Anastácio

Jovem é agredida por ex-marido no Cristo Rei

4
Aquidauana

Agostinho Nepomuceno será sepultado nesta manhã

Vídeos

Entrevista com os produtores do Longa-Metragem sobre Sasha Siemel

Tráfego de carretas no cruzamento da Duque de Caxias causa preocupação na população.

4ª Marcha pela Vida - Aquidauana MS

Ver mais Videos

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
5,18m
Miranda
7,00m
Paraguai
2,96m

Colunas e Blogs

Giovani José da Silva

HISTÓRIAS DE ADMIRAR: TEMPO DE ESPERA, TEMPO DE ESPERA...

Manoel Afonso

Tio comunista não apoiou sobrinho tucano

Valdemir Gomes

Busque...

Ver Mais Colunas
498110490