A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
24 de Novembro de 2017
Anuncie Aqui
8504
Geral

Vitória: Pleno do CNJ confirma liminar contra fechamento de comarcas em MS

No julgamento, o CNJ ressalta que a decisão de fechamento não pode contrariar o interesse público.

8 AGO 2013 - 10h03min
redação
O Plenário do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) ratificou a liminar concedida em julho, a pedido da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional de Mato Grosso do Sul (OAB/MS), contra o fechamento das comarcas de Angélica e de Dois Irmãos do Buriti, desativadas pelo Tribunal de Justiça do Estado.
 
A liminar foi ratificada na terça-feira (6), por unanimidade, em plenário presidido pelo conselheiro Joaquim Barbosa. O julgamento suspende os efeitos da Resolução nº 92/2013 do TJ/MS para desinstalação provisória das comarcas. 
 
"Essa é uma vitória de toda a sociedade sul-mato-grossense. O CNJ entendeu nossa argumentação sobre o grande prejuízo que o fechamento dessas comarcas iria trazer à população local e apontou, inclusive, a inconstitucionalidade do ato", diz o presidente da OAB/MS, Júlio Cesar Souza Rodrigues.
 
Embora o TJ/MS tenha prestado informações ao CNJ argumentando altos custos na manutenção das comarcas, necessidade de adequação à Lei de Responsabilidade Fiscal e inexpressividade de serviços jurisdicionais prestados em Angélica e Dois Irmãos, o CNJ julgou que a decisão deve seguir o Código de Organização Judiciária do Estado, que, em seu artigo 17 condiciona a deliberação discricionária de extinção, rebaixamento ou mudança da sede da comarca caso a mesma tenha distribuição inferior a 200 feitos por ano, deixando de fora os casos das duas comarcas.
 
No julgamento, o CNJ ressalta ainda que a decisão de fechamento não pode contrariar o interesse público. "O interesse público não pode ser considerado ausente, a ponto de justificar a discricionariedade da Corte, quando se tem um movimento anual expressivo de processos que em muito ultrapassa o mínimo necessário para a criação de uma nova comarca, em benefício de uma população de aproximadamente 10 mil pessoas em cada um dos dois municípios", segundo o texto da certidão de julgamento. 

Veja também

Mais Lidas

1
Trânsito

Acidente entre carro e caminhão na MS-339 deixa duas vítimas fatais

2
Policial

Durante surto, homem tenta cometer assassinatos e provoca incêndio

3
Policial

PM fecha boca de fumo com pés de maconha, prende 2 e captura foragido

4
Aquidauana

Após desentendimento por carona, homem passa a perseguir mulher nas redes sociais

Vídeos

Entrevista com os produtores do Longa-Metragem sobre Sasha Siemel

Tráfego de carretas no cruzamento da Duque de Caxias causa preocupação na população.

4ª Marcha pela Vida - Aquidauana MS

Ver mais Videos

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
4,40m
Miranda
6,72m
Paraguai
1,60m

Colunas e Blogs

Pedro Puttini Mendes

Cadastro Ambiental Rura: Prazo Curto!

Robinson L Araújo

POR QUE EXISTEM CASAMENTOS EM CRISE?

Rosildo Barcellos

O Arroubo Âmago do Cedro!

Ver Mais Colunas
498110691