A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
30 de Abril de 2017
Anuncie Aqui
8189

Governo autoriza contratação de 40 mil novas unidades do Minha Casa Minha Vida

Recursos beneficiarão famílias da faixa 1,5 do programa com renda mensal bruta até R$ 2.350,00

29 SET 2016 - 18h00min
Governo Federal
O governo federal autorizou, nesta quinta-feira (29), o início da execução da Faixa 1,5 do programa Minha Casa Minha Vida. A meta é contratar 40 mil novas unidades habitacionais,
 
A instrução normativa do Ministério das Cidades foi publicada no Diário Oficial da União. As unidades serão produzidas por pessoas jurídicas do ramo da construção civil contribuindo com a geração de empregos e renda. Cada novo empreendimento terá 500 unidades. 
 
A modalidade contemplará famílias com renda mensal bruta até R$ 2.350,00 e que possuem capacidade de comprometimento de renda. A família beneficiada contará com subsídios de até R$ 45.000, conforme renda e localização do imóvel, além de juros reduzidos (5%a.a.) para financiamento com recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).
 
Faixa 1,5
 
A Faixa 1,5 tem como principal característica oferecer um subsídio maior do que o da Faixa 2 para atender famílias que não conseguem comprar um imóvel nesse valor.
 
Para a nova faixa de operação de financiamento não haverá seleção de famílias por prefeituras. Os candidatos devem procurar as instituições financeiras e construtoras para que sejam enquadrados nos critérios estabelecidos.
 
Em solenidade realizada no dia 11 de agosto, no Palácio do Planalto, o ministro das Cidades, Bruno Araújo, afirmou que serão destinados para esta faixa recursos no total de R$ 3,8 bilhões, sendo R$ 1,4 bilhão em subsídios (R$ 1,26 bilhão do FGTS e R$ 140 milhões do Tesouro Nacional), outros R$ 2,4 bilhões em financiamentos do FGTS.
 
Portaria
 
O governo também divulga nesta quinta-feira outros critérios para participar do programa, entre eles está a extinção de sorteio dos proponentes de financiamento com recursos do FGTS. A determinação altera o disposto na Portaria 115/2016, que aprovou a Carta Minha Casa Minha Vida e os procedimentos para sua obtenção e utilização de financiamento.
 
?O enquadramento em critérios que colaborem com o atendimento a um número maior de famílias faz parte de uma nova postura de governança da pasta e garante isonomia ao processo?, informou Henriqueta Arantes, secretária Nacional de Habitação.

Veja também

Mais Lidas

1
Policial

Campograndense vem pescar em Anastácio e encontra casa totalmente revirada

2
Policial

Homem empresta carro para garota que desaparece

3
Policial

Celular furtado é rastreado pelo dono e polícia prende mulher por receptação

4
Policial

Gato envenenado e ameaça de morte esquenta clima entre vizinhos no Bairro Alto

Vídeos

Blitz educatica frente ao Exercito

Sucuri de três metros é capturada em Anastácio-MS

Blitz educativa Aquidauana-MS

Ver mais Videos

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
4,43m
Miranda
4,26m
Paraguai
2,97m

Colunas e Blogs

Raquel Anderson

Igualdades!

Giovani José da Silva

HISTÓRIAS DE ADMIRAR: ORAÇÕES

Maria de Lourdes Medeiros Bruno

Do abraço, do afago e do aconchego: as distâncias, apen...

Ver Mais Colunas
472810521