A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
24 de Agosto de 2017
Anuncie Aqui
8459

Audiência discute legislação sobre pulverização aérea em MS

26 OUT 2016 - 09h30min
Da Redação - Com informações assessoria
A Assembleia Legislativa, por meio do deputado estadual Amarildo Cruz, e em parceria com o Ministério Público Estadual, Federal e do Trabalho e a Comissão de Combate aos Impactos de agrotóxicos em MS, realizam a Audiência Pública; "Aperfeiçoamento da Legislação sobre Pulverização Aérea". 
 
O Brasil é o País que mais utiliza agrotóxico nas plantações. Dados do Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (INCA), órgão do Ministério da Saúde, afirmam que no Brasil a venda de agrotóxicos saltou de US$ 2 bilhões para mais de US$7 bilhões entre 2001 e 2008, alcançando valores recordes de US$ 8,5 bilhões em 2011.
 
Estudos estimam que aproximadamente 25 milhões de trabalhadores agrícolas de países pobres sofram com algum tipo de intoxicação causada por exposição a agrotóxicos. De acordo com dados do Instituto de Defesa Agropecuária do Estado de Mato Grosso (Indea), Mato Grosso é o maior consumidor do Brasil, com o equivalente a 43 litros de veneno por habitante.
 
Em Mato Grosso do Sul, a estimativa é que cada pessoa consome proporcionalmente até 40 litros de agrotóxicos por ano, quase seis vezes a mais do que a média nacional per capita, que é de 7,3 litros por ano. A exposição e o consumo de produtos contaminados em médio e longo prazo podem causar distúrbios neurológicos, problemas respiratórios, cardíacos, pulmonares, no sistema imunológico e na produção de hormônios, além de má formação fetal e até câncer.
 
Conforme o deputado estadual Amarildo Cruz, estudos recentes do Inca mostram a relação do crescimento das vendas de agrotóxicos com o registro de casos de câncer no País.
 
"Esse é um assunto preocupante e que precisa ser discutido com profundidade e responsabilidade. O País é o maior consumidor de agrotóxicos no Mundo. Temos o caso comprovado de intoxicação de centenas de pessoas na cidade de Lucas do Rio Verde, no vizinho estado de Mato Grosso, em 2006, durante uma pulverização aérea. Até hoje moradores daquele município sofrem com os problemas daquela intoxicação", esclareceu.
 
O evento acontecerá no dia 8 de novembro (terça-feira), a partir das 14 horas, no plenário Deputado Júlio Maia, na Assembleia Legislativa, em Campo Grande. A entrada é gratuita. 

Veja também

Mais Lidas

1
Policial

Homem de 38 anos é preso por tráfico de drogas e cita “Erasmo” à polícia

2
Aquidauana

Casa do Trabalhador de Aquidauana oferece dezoito vagas de emprego

3
Charges

Onde mora o Erasmo?

4
Aquidauana

Homem em moto preta rouba bolsa de mulher

Vídeos

Indígenas fecham BR-262, acesso a Taunay

3º Desafio Mountain Bike - Piraputanga MS

18 Festival de Inverno de Bonito

Ver mais Videos

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
3,30m
Miranda
2,12m
Paraguai
4,24m

Colunas e Blogs

Giovani José da Silva

HISTÓRIAS DE ADMIRAR: TEMPOS DIFÍCEIS (PARTE 2)

Raquel Anderson

Convexos

Valdemir Gomes

Fundo...

Ver Mais Colunas
498110505